Nova rede transeuropeia de apoio à produção de carne bovina | Projeto Europeu BovINE lançado hoje tem Portugal como parceiro

Nova rede transeuropeia de apoio à produção de carne bovina | Projeto Europeu BovINE lançado hoje tem Portugal como parceiro

2 milhões de euros financiados pela UE para desenvolver uma Rede de Inovação de Carne de Bovino na Europa (Beef Innovation Network across Europe)

Uma nova rede transeuropeia de apoio à produção de carne bovina, designada BovINE, destinada a enfrentar os desafios de sustentabilidade do setor, foi lançada na Irlanda a 21 de janeiro. Esta rede pretende agregar investigadores, consultores, agricultores e outros players relevantes de nove estados membros da UE para estimular o intercâmbio de conhecimentos e ideias a nível internacional em quatro temas: resiliência socioeconómica, saúde e bem-estar animal, eficiência da produção, qualidade da carne e sustentabilidade ambiental.

A Faculdade de Medicina Veterinária faz parte do consórcio coordenado pela Teagasc – Agriculture and Food Development Authority que concorreu com sucesso e recebeu um financiamento de 2 milhões de euros da União Europeia para desenvolver este projeto, que será compartilhado com outras 17 instituições parceiras da  UE,  entre as quais a Promert – agrupamento de produtores de bovinos mertolengos, S.A.

O projeto BovINE envolve criadores de carne de nove Estados-Membros, Bélgica, Estónia, França, Alemanha, Itália, Polónia, Portugal e Espanha, cobrindo 75% do efetivo de vacas aleitantes na Europa e 70% da produção de carne bovina.  Focada em responder às necessidades identificadas pelos agricultores, a rede BovINE fornecerá aos criadores de carne bovina acesso a informação sobre inovações destinadas a melhorar a sustentabilidade das suas explorações agrícolas e de toda a indústria.

A coordenadora do parceiro FMV no Projeto Bovin, Prof. Magda Aguiar Fontes, do Departamento de Produção Animal e Segurança Alimentar da Faculdade de Medicina Veterinária refere: “o projeto BovINE tendo vários objectivos procura, nas suas fases iniciais, identificar as necessidades dos agricultores tendo em conta o grande desafio de hoje de promover uma produção mais sustentável. Isto será feito por um conjunto diversificado de parceiros, incluindo Universidades, Empresas e Associações, procurando uma ligação forte com os produtores, mas também com os vários agentes da cadeia de valor da carne de bovino. Com uma rede de 17 parceiros da UE, tentaremos encontrar a solução para os vários problemas e necessidades identificadas.”

O vice-Presidente da Faculdade de Medicina Veterinária, Prof. José Pedro Cardoso Lemos, diz-nos “que é um enorme prazer integrar a equipa que participa nesta iniciativa. Face aos desafios que o sector da carne de bovino enfrenta, iniciativas como o BovINE são de enorme importância. Os produtores portugueses acreditam que a inovação é, de facto, uma parte importante da solução para os desafios do sector. Este projeto criará uma estrutura que nos permitirá aprender mais com os produtores e os investigadores da europa, assim como partilhar as nossas experiências com os produtores europeus de carne de bovino.

Do Departamento de Clínica e do Laboratório de Comportamento e Bem-estar Animal da Faculdade de Medicina Veterinária, Prof. George Stilwell, afirmou “num momento em que a criação de bovinos enfrenta alguma contestação, ao mesmo tempo que novos mercados se têm aberto, é importantíssimo que a ciência e os agricultores discutam e estudem três grandes vertentes da produção: o impacto ambiental, o bem-estar dos animais e a qualidade do produto final. Apenas com a garantia de que essas vertentes são abordadas com rigor e transparência, será possível assegurar a sustentabilidade, a aceitação e o futuro do sector da produção de carne de bovino”

No centro do projeto está a atividade de comunicação aos produtores de carne de bovino na UE. Junte-se à mailing list para receber notícias sobre o projeto em Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Para mais informação, por favor contactar, Professora Magda Aguiar Fontes (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.), ou Professor José Pedro Cardoso Lemos (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.) ou Professor George Stilwell (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.)

Mais informação disponível em BovINE Beef Innovation Network Europe  

O artigo foi publicado originalmente em GPP.

Comente este artigo
Anterior CANCELADO - Comissão Organizadora da 37ª Ovibeja está a delinear o programa do evento
Próximo Estação Nacional de Fruticultura Vieira Natividade volta a receber a Academia do Clube de Produtores Continente

Artigos relacionados

Nacional

Inquérito do Rural Youth Project quer avaliar impacto da Covid-19

O Rural Youth Project, em colaboração com o governo Escocês, lançou um inquérito online com o objetivo de avaliar a perceção do impacto que a atual situação de pandemia está […]

Últimas

Produção de frango e dos ovos de galinha aumenta em Maio de 2020

O volume de produção de frango em Maio de 2020 aumentou 2,5%, com 27.682 toneladas (mais 2,4% em Abril), revela o Instituto Nacional de […]

Dossiers

Previsão do tempo para a semana 09-15 Agosto

“Previsão do tempo para a semana – Tempo um pouco mais fresco, possibilidade de aguaceiros e trovoadas no interior e algum vento.” […]