Na celebração dos 264 anos da região demarcada do Douro, IVDP distingue projetos inovadores

Na celebração dos 264 anos da região demarcada do Douro, IVDP distingue projetos inovadores

A excelência dos vinhos do Porto e Douro foi celebrada na 7.ª edição do Port Wine day, evento promovido pelo Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP), que contou com a presença do Secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Tiago Russo, da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, e de inúmeros profissionais do setor vitivinícola.

As distinções “Douro + Sustentável”, deste ano, foram atribuídas a Tiago Alves de Sousa, enólogo da empresa Alves de Sousa, na categoria Enologia, à Quinta do Crasto, na categoria Viticultura, à Fladgate Partnership, na categoria Enoturismo, e a Bulas Cruz, na categoria Revelação.

O Secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Tiago Russo, referiu que “a singularidade e a relevância da Região Demarcada do Douro tem importância reconhecida na agricultura, economia e história portuguesa, e que se deve ao sucesso da boa gestão, e à excelência da criação dos vinhos e capacidade de valorização e comercialização dos produtos…”.

Por sua vez, a Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, salientou que “10% dos visitantes vem a Portugal para conhecer o enoturismo e a excelência do vinho português”, destacando ainda a importância do projeto que visa a especialização em enoturismo e em vinhos do Porto e do Douro, realizado em parceria com o IVDP, e que já formou 650 profissionais.

Gilberto Igrejas, Presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP), salientou que “é encorajadora a resiliência que os números dos vinhos do Douro e do Porto nos evidenciam no mercado internacional. Esta comemoração pretendeu assinalar os que de forma mais marcante se distinguem. As Distinções Douro+Sustentável que atribuímos são igualmente exemplo da vitalidade do setor. Premeiam projetos ambiciosos e inovadores, não podendo deixar de destacar a energia, a vitalidade e o dinamismo com que todos, à sua dimensão, colocam ao serviço de uma região e do país, internacionalizando a marca Portugal…”.

O evento decorreu no Restaurante Antiqvvm, antigo Solar do Vinho do Porto, com uma ementa harmonizada com vinhos do Douro e do Porto, idealizada pelo Chef Vitor Matos, premiado com uma estrela Michelin.

Comente este artigo
Anterior Alfarroba furtada no Algarve este ano quadruplicou face a 2019
Próximo PDR2020: Estabilização de emergência pós-incêndio - Aljezur/Lagos/Vila do Bispo - Restabelecimento da floresta afetada por agentes bióticos e abióticos ou por acontecimentos catastróficos

Artigos relacionados

Últimas

Produção de azeitona para azeite pode sofrer quebra superior a 20%

A produção de azeitona para azeite deverá registar, este ano, uma quebra que pode superar 20% em algumas regiões, mas na próxima campanha e até 2022 poderá atingir 180 mil toneladas, […]

Últimas

Meio milhão para apoiar explorações agrícolas danificadas por fogo em Mação e Vila de Rei

O Governo reconheceu como catástrofe natural o incêndio de Julho. Pedidos de indemnização devem ser apresentados até 15 de Setembro através do portal do Portugal 2020 ou do PDR 2020

O Governo reconheceu o incêndio de Mação e Vila de Rei como catástrofe natural e avançou com uma linha de financiamento de 500 mil euros para apoiar as explorações agrícolas danificadas pelos fogos ocorridos em Mação e Vila de Rei entre 20 e 23 de Julho. […]

Comunicados

A Maavim congratula-se pela aprovação da abertura dos apoios à Agricultura, votados hoje no Parlamento.

Esta era uma das “batalhas” que a Maavim, os seus colaboradores, associados e lesados levavam a cabo nos últimos meses, após a confusão verificada nas candidaturas aos apoios agrícolas. […]