Morreu o antigo ministro da Agricultura João Mota Campos

Morreu o antigo ministro da Agricultura João Mota Campos

O antigo ministro do Estado e da Agricultura faleceu, este sábado, aos 94 anos, de causas naturais. Além da política, fez também carreira no ensino e na advocacia.

Nascido em Vieira do Minho, Braga, em 1927, João Mota Campos licenciou-se em Direito pela Universidade de Coimbra e doutorou-se na mesma área pela Faculdade de Direito de Estrasburgo.

Na área do ensino, foi professor catedrático de Direito Europeu e especializou-se na área do Direito Comunitário, na qual produziu diversas obras académicas.

João Mota Campos teve também um papel ativo na política. Foi secretário de Estado da Agricultura entre 1960 e 1962 e ministro do Estado e do Plano entre 1971 e 1973. Foi ainda ministro da Agricultura e Comércio até abril de 1974, no último executivo formado por Marcello Caetano.

Depois do 25 de Abril, esteve ligado à área política do CDS. O seu filho, João Luís Mota de Campos, tornou-se também advogado e político, tendo sido secretário de Estado da Justiça no governo de Durão Barroso.

Continue a ler este artigo no Jornal de Notícias.

Comente este artigo
Anterior àterra podcast - Episódio 0
Próximo Integração social, renovação geracional e coesão territorial em discussão na 3.ª Conferência da Lusomorango e da Universidade Católica

Artigos relacionados

Nacional

CDS-PP critica acusações “injustas e inoportunas” do MAI ao autarca de Mação

Em causa está uma entrevista à RTP na qual Eduardo Cabrita, quando confrontado com as críticas sobre a falta de meios no combate aos incêndios que consumiam Mação e os concelhos vizinhos de Vila de Rei e Sertã, […]

Notícias máquinas agrícolas

O trator agrícola e os diferentes tipos – caracterização geral (conclusão)

São tratores com largura entre rodados menor do que nos fruteiros. A largura entre rodados não ultrapassa os 95 cm, se bem que esta largura possa ser ajustada e em função da tarefa a realizar. Outra característica particular do trator […]

Últimas

EDP acusada de cortar ilegalmente mais de 100 sobreiros na serra do Caldeirão

Mais de 100 sobreiros foram abatidos ou cortados na serra Caldeirão sem autorização do Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF). […]