Mel extraído na Central Meleira de Castelo Branco tem aumentado nas últimas três campanhas

Mel extraído na Central Meleira de Castelo Branco tem aumentado nas últimas três campanhas

No  Encerramento da Campanha 2019, a Central Meleira de Castelo Branco,  infraestrutura criada pela Câmara Municipal de Castelo Branco e gerida pela Meltagus, apresentou um crescimento acentuado nos valores obtidos.

De acordo com a informação avançada à comunicação social, ao longo dos últimos três anos os valores dos produtos processados pela Central Meleira têm apresentado um acentuado crescimento. Em 2017 o mel extraído correspondia a 31 toneladas, em 2018 correspondia a 36 toneladas, verificando-se em 2019 um aumento do mel extraído que atingiu as 46 toneladas.

Já relativamente à cera processada, a nota refere que em 2017 os valores corresponderam a 2 toneladas, em 2018 a 4 toneladas e este ano a previsão é de cerca de 6 toneladas.

Na secagem e triagem de pólen em 2017 obtiveram-se 182kg, em 2018, foram 1000kg e em 2019 atingiram-se 1900kg, dos quais 1100kg provenientes da região de Castelo Branco.

Odete Gonçalves, Presidente da Meltagus, reforça o investimento que a Câmara Municipal de Castelo Branco tem feito, bem como a preocupação da autarquia com os melhoramentos da central que, para além de aprimorarem a qualidade do mel, melhoram os processos inerentes a esta atividade.

Questões relativas à Vespa Velutina também foram levantadas sendo que a Meltagus, em articulação da autarquia albicastrense, tem atuado na prevenção deste inseto, como refere Odete Gonçalves, acrescentando que este “é um problema nacional, mas é também um problema dos apicultores”.

O setor do mel está a ganhar mais relevância e destaque no concelho que conta, atualmente, com cerca de 32 mil colmeias.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Quer conhecer uma plantação de pistácio? Espaço Visual organiza visita técnica
Próximo II Simpósio Ibérico de Engenharia Hortícola leva Agricultura 4.0 a Ponte de Lima

Artigos relacionados

Dossiers

Atualização da zona demarcada para Trioza erytreae – Psila Africana dos Citrinos – 24 de junho 2020

Nos termos e para os efeitos estabelecidos nos números 1 a 3 do artigo 5.º, da Portaria n.º 142/2020, de 17 de junho, que estabelece medidas de […]

Cotações ES

Asoma el signo positivo en los precios del porcino de capa blanca


El mes de enero finaliza con un ligero repunte en los precios del porcino de capa blanca, en un mercado marcado por el aumento de la demanda frente a la oferta. […]

Sugeridas

Agricultores acusam Governo de não tomar medidas urgentes contra a seca

[Fonte: Sapo 24] A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), numa audição hoje no parlamento, acusou o Governo de não tomar medidas de urgência imediata contra a seca e alertou para a necessidade de um aumento da capacidade de armazenamento de água. […]