Medidas de combate à seca no setor agrícola

Medidas de combate à seca no setor agrícola

  1. Foi declarada a situação de seca severa e extrema em determinados concelhos que permite aos produtores agrícolas promover adaptações nas suas práticas à situação da seca, sem penalizações nos seus apoios comunitários, seja no âmbito dos pagamentos diretos, seja nos pagamentos de superfície do PDR2020;
  2. Promover a interligação de barragens de maior capacidade de regularização com as de menores dimensões;
  3. Reforço da percentagem de adiantamento dos pagamentos diretos aos agricultores para 70%;
  4. Apoiaram-se pequenos investimentos específicos nas explorações agrícolas, pelo PDR 2020, para assegurar o abeberamento de animais e a sobrevivência de culturas permanentes;
  5. Planeamento anual prévio das transferências do Alqueva para as albufeiras das bacias do Sado e Guadiana;
  6. Para uma melhor proteção das águas subterrâneas, o licenciamento para novas captações será feito mediante autorização. Será ainda efetuado um reforço da fiscalização;
  7. Avaliar a possibilidade de instalar pontos de água ou cisternas, associados a albufeiras de águas públicas, nas regiões onde se tem verificado maiores dificuldades em garantir o abeberamento de animais;
  8. Continuar a apoiar os agricultores na identificação de soluções eficientes para o abeberamento de animais, sem ser através de novas captações;
  9. Até que haja garantia dos volumes necessários para o abastecimento público, suspender a emissão de títulos de novas captações de água subterrânea para uso particular em algumas massas de água, onde os níveis são mais críticos. Será dada particular atenção aos projetos com operações já abertas no PDR2020.
  10. Promover a reutilização da água para uso urbano (ex: lavagem de ruas, rega de jardins), rega de campos de golfe e de culturas permanentes.
Comente este artigo
Anterior VIII Jornadas Internacionais de Bovinicultura - 13 e 14 de março - Vila Real
Próximo Requisitos para atribuição da ajuda ao armazenamento privado de azeite

Artigos relacionados

Últimas

CHEP recebe certificação Top Employer na Europa pelo segundo ano consecutivo

A CHEP, empresa de soluções para a cadeia de abastecimento, recebeu a certificação Top Employer Europe 2019, que é atribuída pelo Top Employers Institute (TEI), […]

Nacional

População de Vergão em Proença-a-Nova está assustada e preparada para o pior

Na localidade de Vergão, fronteira entre o concelho de Proença-a-Nova e Mação, a população está assustada e a preparar-se para o pior devido à […]

Sugeridas

Pagamentos IFAP no ano 2016

Durante o ano de 2016, o IFAP procedeu a pagamentos que ascenderam a um montante total de cerca de 1,7 mil milhões de euros.