Marcolino Sebo lança Quinta da Pinheira 2015

Marcolino Sebo lança Quinta da Pinheira 2015

[Fonte: Vida Rural]

O produtor alentejano Marcolino Sebo acaba de lançar o Quinta da Pinheira 2015, um vinho produzido a partir das castas Trincadeira, Aragonês, Alicante Bouschet e Alfroucheiro.

“O Quinta da Pinheira 2015 revela cor granada com nuances acastanhadas, aroma a fruto maduro com notas de baunilha e passas. Na boca é macio, aveludado, encorpado, complexo, apresentando ligeira acidez e taninos nobres, com final de boca prolongado. Teve estágio de seis meses em barricas novas de carvalho francês, seguido de três meses em garrafa na cave da adega”, explica o produtor.

O vinho, da responsabilidade do enólogo Jorge Santos, está disponível nos habituais canais de distribuição por um PVP de 6,50 euros, num total de 18 mil unidades.

Comente este artigo

O artigo Marcolino Sebo lança Quinta da Pinheira 2015 foi publicado originalmente em Vida Rural.

Anterior Les deux tiers des glaciers de l'Himalaya pourraient fondre d'ici à 2100
Próximo El FEGA actualiza la foto fija en el visor del SIGPAC para solicitar las ayudas directas

Artigos relacionados

Últimas

Governo duplica apoio à reestruturação da vinha para os 80ME – ministro da Agricultura

O Governo decidiu duplicar o apoio à reestruturação e reconversão da vinha permitindo que sejam contempladas, em 2017, candidaturas até cerca de 80 milhões de euros, disse à Lusa o ministro da Agricultura.
Luís Capoulas Santos afirmou que este valor, que duplica o concurso já aberto, […]

Últimas

Portugal deve completar Natura 2000 e poupar água na agricultura – CE


Lisboa, 06 fev (Lusa) – Portugal deve completar o processo da Natura 2000, em terra e no mar, definir “claramente” objetivos de conservação, disponibilizando as medidas e recursos necessários, e aproveitar o “significativo potencial de poupança” de água na agricultura.
O país “tem de concluir o processo de designação Natura 2000, […]

Sugeridas

Seca de 2017 pode repetir-se. Depende do que acontecer em abril

[Fonte: Jornal de Negócios]
A seca está a acontecer, mas depende do que acontecer na primavera não acontecer o mesmo que em 2017. Eduardo Oliveira e Sousa, presidente da CAP, pede, por isso, medidas e que se pense no problema a longo prazo. […]