Ligeira queda na produção de pêra e maçã no Hemisfério Sul

Ligeira queda na produção de pêra e maçã no Hemisfério Sul

A Associação Mundial de Maçã e Pêra (WAPA) divulgou as previsões de produção e exportação de maçã e de pêra em 2020 no Hemisfério Sul, na sequência da sua Assembleia Geral anual realizada a 7 de Fevereiro, durante a Fruit Logistica, na capital da Alemanha. Estas estimativas combinam dados fornecidos por associações sectoriais da África do Sul, da Argentina, da Austrália, do Brasil, do Chile e da Nova Zelândia.

A nível da maçã, as previsões da WAPA apontam para uma produção de 5.003.000 toneladas, o que representa uma redução de 1% face à colheita de 2019. Ainda na maçã, espera-se que as exportações permaneçam estáveis, com um volume de 1.725 milhões de toneladas.

Quanto à pêra, estima-se que a colheita perfaça 1.276.000 toneladas, o que significa um decréscimo de 3% em comparação com a campanha anterior. Espera-se que as exportações de pêra do Hemisfério Sul diminuam 2%, para 691.660 toneladas.

Na reunião, os participantes actualizaram os números da colheita e de stocks do Hemisfério Norte. Sobre este ponto, a WAPA destaca que, «em geral, as previsões continuam a demonstrar a enorme variação nos volumes de colheita, devido às consequências dos incidentes climáticos que têm afectado as produções».

Segundo a WAPA, na reunião também foram analisados desenvolvimentos na produção de maçã na Eurásia e iniciativas de âmbito global, envolvendo tópicos como marketing, promoção, tendências de consumo, inovação, desenvolvimento de novas estratégias de sustentabilidade – relativamente ao uso de água, à biodiversidade, às emissões de carbono, à adaptação ao desafio do plástico – e divulgação, para consumidores de todo o Mundo, dos benefícios para a saúde do consumo de maçãs e pêras. Neste contexto, a WAPA assinala ainda os esforços do sector para lidar com os novos requisitos e expectativas do mercado no sentido da redução da dependência dos pesticidas.

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Álvaro Barreto. Cavaco Silva destaca a “elevada competência” do “negociador exímio”
Próximo CAP lamenta falecimento de Álvaro Barreto, ministro responsável pela aplicação da Política Agrícola Comum em Portugal

Artigos relacionados

Últimas

Eduardo Oliveira e Sousa reeleito para um novo mandato à frente da CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal

O atual presidente da CAP renova o mandato para o triénio 2020/2022. A nova Direção integra quatro novos membros […]

Dossiers

Avisos Agrícolas 30/04/2020: Vinha, Macieira, Pereira, Mirtilo e Batateira

O Serviço de Avisos Agrícolas é um serviço nacional do Ministério da Agricultura que tem por finalidade emitir avisos agrícolas. […]

Comunicados

Releia os artigos de opinião mais lidos do Agroportal em 2019

Estes foram os artigos de opinião mais lidos pelos leitores do Agroportal em 2019. Saiba quais foram os artigos mais lidos e releia o nosso top 5 […]