Koppert apresenta nova gama de colmeias ecológicas Natupol

Koppert apresenta nova gama de colmeias ecológicas Natupol

A Koppert Biological Systems apresenta ao mercado nacional o mais recente desenvolvimento das suas colmeias de abelhões para polinização de culturas agrícolas em estufa e ar live: a nova gama de colmeias ecológicas Natupol.

São mais ecológicas porque respeitam o meio ambiente, ao ser produzidas com 85% de materiais renováveis ou reciclados, contribuindo para uma redução média de 52% das emissões de CO2, em comparação com os plásticos virgens (de cor branca).

O cartão utilizado na gama de colmeias Natupol já era fabricado com papel reciclado há alguns anos e, mais recentemente, os componentes plásticos da colmeia, tais como a porta da “casa das abelhas” e o revestimento interior da colmeia, passaram a ser produzidos a partir de plástico reciclado (de cor cinza). O plástico reciclado utilizado para as colmeias Natupol é de alta qualidade e foi testado para garantir tanto a funcionalidade do produto, como o bem-estar dos abelhões para uma polinização eficaz.

Por outro lado, a tinta utilizada no exterior da embalagem não contém metais pesados e durante a maior parte do processo de produção do revestimento é usada eletricidade verde, o que reduz a pegada de carbono das colmeias em mais 10%.

A gama de colmeias ecológicas Natupol inclui os seguintes produtos: Natupol, Natupol Excel e Natupol Smart, para uso em culturas de estufa, e Tripol, para uso em culturas de ar livre

A Koppert assume o compromisso de contribuir para um meio ambiente saudável, reduzindo a produção de resíduos e utilizando, tanto quanto possível, materiais 100% ecológicos nos seus produtos. Este compromisso faz parte da Agenda de Sustentabilidade da Koppert, empresa holandesa que há mais de 30 anos investiga e produz colmeias de abelhões para horticultura e agricultura.

koppert colmeia

Comente este artigo
Anterior OE2022: Patrões apresentam "propostas realistas" de menos IVA, IRC, derrama e IRS
Próximo Quintas de Melgaço conquista seis Medalhas de Ouro no Prémio Uva de Ouro

Artigos relacionados

Comunicados

Intervenção da ADACO permite que os Orizicultores possam fazer a sua sementeira a tempo e horas

Os orizicultores englobados na produção integrada são
obrigados, num hectare de arroz, a semearem 120 Kg de arroz selecionado e
certificado. […]

Sugeridas

“A única coisa estranha é o ministro usar incendiários como desculpa para fugir da responsabilidade”

[Fonte: SIC Notícias] Críticas à atuação do Governo na questão dos incêndios.

Em entrevista à SIC Notícias, o arquiteto paisagista Henrique Pereira dos Santos acusa António Costa de manter uma política para as florestas com mais de 14 anos e o ministro da Administração Interna de usar incendiários como desculpa. […]

Últimas

Prodouro considera que fica “aquém” benefício de 102.000 pipas para vinho do Porto

O benefício é a quantidade de mosto que cada viticultor pode destinar à produção de vinho do Porto e é uma importante fonte de receita dos […]