Jovens Agricultores defendem “discriminação positiva” do interior

Jovens Agricultores defendem “discriminação positiva” do interior

Associação dos Jovens Agricultores defende revisão da carga fiscal e dos gastos com a Segurança Social de forma a promover “discriminações positivas para a agricultura” e em zonas de baixa densidade.

 

A Associação dos Jovens Agricultores de Portugal (AJAP) defendeu esta terça-feira medidas de “discriminação positiva” da agricultura, com alívio da carga fiscal sobretudo nos territórios de baixa densidade populacional.

“É importante rever a carga fiscal, bem como os gastos com Segurança Social, promovendo discriminações positivas para a agricultura e quem vive nas zonas de baixa densidade”, afirmou a direção da AJAP.

A organização reagiu esta terça-feira em comunicado ao conjunto de medidas excecionais para o setor, no contexto da pandemia da Covid-19, apresentadas no sábado pelo Ministério da Agricultura, que, na sua opinião, deu um “claro sinal de que está ao lado dos agricultores e das suas preocupações”.

 

Continue a ler este artigo no Observador.

Comente este artigo
Anterior Ervideira lança álcool gel
Próximo PDR2020: Dueceira abre candidaturas para apoiar projetos referentes a Cadeias Curtas

Artigos relacionados

Notícias meteorologia

Vento e risco de Incêndio.

Vento e risco de incêndio em subida nesta 4ª e 5ª feira.
Amanhã ao fim do dia uma frente fria deverá injectar uma massa de ar mais fresca, […]

Nacional

Fruticultores das Caldas preparam-se para apanha da fruta com “rigorosas medidas sanitárias”

A Protecção Civil Municipal das Caldas da Rainha, a Autoridade de Saúde local e Juntas de Freguesia vão realizar seis acções de sensibilização em […]

Nacional

ANPOC publica lista de variedades recomendadas de trigo mole 2019/2020

A Associação Nacional de Produtores de Cereais (ANPOC) publicou esta semana a Lista de Variedades Recomendadas de Trigo Mole para 2019/2020, […]