Janeiro de 2020. Gado abatido: menor volume de abate de suínos e equídeos

O peso limpo total de gado abatido e aprovado para consumo em Janeiro de 2020 foi 39.825 toneladas, o que correspondeu a um decréscimo de 2,4% (+6,7% em Dezembro), devido ao menor volume de abate registado nos suínos (-4,9%) e equídeos (-75,0%).

Pelo contrário, diz o Instituto Nacional de Estatística (INE), no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Março de 2020, os bovinos, ovinos e caprinos registaram aumentos de 8,8%, 7,2% e 2,7%, respectivamente.

Em relação ao número de animais abatidos, verificou-se igualmente um decréscimo no número de suínos (-2,2%) e equídeos (-74,3%). Em contrapartida, houve um aumento no número de bovinos (+5,9%), ovinos (+12,7%) e caprinos (+10,5%), acrescentam os técnicos do INE.

Aves e coelhos abatidos: maior volume de abate de galináceos, perus e patos

Já o peso limpo total de aves e coelhos abatidos e aprovados para consumo foi 29 234 toneladas em Janeiro de 2020, o que representou um acréscimo de 0,6% (+18,2% em Dezembro), devido ao maior volume de galináceos (+0,7%), perus (+0,3%) e patos (+15,9%). Em contrapartida, as codornizes e os coelhos registaram diminuições de 60,0% e 5,0%, respectivamente.

No que diz respeito ao número de cabeças abatidas, observaram-se decréscimos para os galináceos (-2,3%), perus (-1,7%), codornizes (-61,1%) e coelhos (-5,6%). Pelo contrário, os patos registaram um acréscimo de 1,7%.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Produção de azeite ultrapassa, pela primeira vez, os 1,5 milhões de hectolitros
Próximo Jovens agricultores alertam para a necessidade de garantir mão-de-obra

Artigos relacionados

Nacional

Opinião: À Mesa com Portugal

Olga Cavaleiro

Desconfio que não há casa no Baixo Mondego rural que não tenha um tacho de arroz sempre feito para os que aparecem à […]

Últimas

Silagem de milho – a história e as minhas histórias

Ajudando os meus vizinhos, voltei esta semana a sentir o cheiro fresco da silagem de milho recém-cortada. Em 2020 isto é um ótimo sinal, porque a perda de olfato é um dos sintomas do Covid.  […]

Nacional

Chuvas de dezembro permitem que barragens do Alentejo recuperem capacidade de armazenamento

No final do mês de dezembro, as bacias hidrográficas do Alentejo registaram um aumento no volume armazenado, segundo dados do SNIRH- […]