A Inovcluster e a CCDR Centro representaram região Centro em Helsínquia

A Inovcluster e a CCDR Centro representaram região Centro em Helsínquia

Decorreu entre os dias 1 e 2 de junho, a Smart Regions 2.0 Conference – Maximising Europe’s innovation potential, organizado pela Comissão Europeia. A segunda edição do evento teve lugar em Helsínquia, na Finlândia e proporcionou a oportunidade das autoridades nacionais e regionais partilharem experiências de como a especialização inteligente foi implementada nos seus países e regiões.

O evento proporcionou à Inovcluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro e à CCDRC – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, a oportunidade de compartilhar experiências entre projetos apoiados pelos Fundos Estruturais de Investimento e outros programas e políticas da EU, e permitiu aprender com a experiência de outras regiões e encontrar parceiros de cooperação em toda a EU.

Na visão de Cláudia Soares, Diretora Executiva da Inovcluster, “este é um projeto de continuidade e, portanto, acaba por ser um momento ótimo, uma excelente oportunidade para dinamizar relações de complementaridade e cooperação com outros países”. O facto de estarem presentes, continuou, também potencializa “oportunidades para integrar projetos europeus”.

A participação no evento permitiu afirmar que a região centro está “no caminho certo de desenvolvimento”, uma vez que a metodologia escolhida é semelhante à “que foi aplicada noutros países”.

A Inovcluster juntamente com os restantes clusters da Região Centro em articulação com a CCDRC, assumem o papel de divulgação e capacitação da RIS3 do Centro – Estratégia de Especialização Inteligente da Região Centro de Portugal. Neste evento, além de divulgar a RIS3 da região, constituiu uma oportunidade para debater o futuro da inovação no contexto do desenvolvimento regional europeu com altos representantes das instituições europeias e dos governos nacionais e regionais. As conclusões da discussão serão um importante contributo para a discussão sobre o futuro da Política de Coesão pós-2020.

Da participação neste evento, Cláudia Soares destaca como mensagem principal a importância da cooperação intra e inter-regional, valorizando a articulação ao nível dos vários setores. A destacar áreas prioritárias, nomeadamente o crescimento digital, a economia circular, o agroalimentar ou a modernização industrial.

A Inovcluster regressa com um conjunto de novas oportunidades de colaboração com outras regiões europeias e a participação em novos projetos financiados.
Em 2014, as estratégias de especialização inteligente foram introduzidas na Política de Coesão da União Europeia como base para o investimento em pesquisa e inovação. Como resultado, mais de 120 estratégias foram estabelecidas para moldar investimentos de 2014 a 2020.

Comente este artigo
Anterior Agroportal tem os seus leitores satisfeitos com nota 8 sobre 10!
Próximo A instalação de fogões de biomassa em Espanha

Artigos relacionados

Últimas

Estatuto de Jovem Empresário Rural válido por três anos e pode ser renovado

[Fonte: Gazeta Rural]

O estatuto de Jovem Empresário Rural (JER) aplica-se a pessoas singulares e coletivas que exerçam ou pretendam iniciar uma atividade económica em zona rural, […]

Nacional

Estrangeiros muito interessados no vinho e no azeite

[Fonte: Voz do Campo]

Fundado numa região em que no setor agroindustrial predominam as pequenas e médias empresas, […]

Comunicados

Adubos tecnológicos ADP assumem nova dimensão: Fertiberia TECH

30 de novembro de 2018
O projeto de desenvolvimento dos adubos tecnológicos ADP TECH assume agora uma maior dimensão e passa a chamar-se Fertiberia TECH, […]