INE revela que cerca de 23% das explorações agrícolas no Alentejo encontram-se recenseadas

INE revela que cerca de 23% das explorações agrícolas no Alentejo encontram-se recenseadas

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), cerca de 23% das explorações agrícolas no Alentejo já se encontram recenseadas.

O processo de recolha de dados para o Recenseamento Agrícola 2019 contínua segundo revelou o INE.

Este recenseamento baseia-se em um questionário sobre a exploração e práticas agrícolas, efetivo animal, máquinas, equipamentos e mão-de-obra a que os produtores agrícolas têm de responder quando estes forem contactados por entrevistadores contratados pelo INE, que irão estar devidamente credenciados e identificados.

É enaltecido pelo INE que existem concelhos que necessitam de um reforço de entrevistadores, estes que são, Odemira, Elvas, Almodôvar, Nisa, Santiago do Cacém, Arraiolos e Portalegre.

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Campanário.

Comente este artigo
Anterior Colza em Portugal – Um interesse renovado
Próximo «Nenhum diretor regional de agricultura estaria confortável com esta situação»

Artigos relacionados

Nacional

Torres Vedras vai plantar 67 mil árvores autóctones

A Câmara de Torres Vedras aprovou esta terça-feira um programa de incentivo à reconversão da floresta e de arborização de terrenos incultos no concelho com a plantação de 67 mil árvores autóctones nos próximos cinco anos. […]

Últimas

Saque de alfarroba, um crime que se repete ano após ano

Vão longe os tempos do “guarda da fruta”, armado de varapau, para afugentar assaltantes. Os netos desses guardiães do campo são agora uma espécie de […]

Dossiers

Una PAC que no discrime en el reparto de ayudas por hectárea, que reconozca las explotaciones lácteas y familiares y sin derechos históricos

Los principales sindicatos agrarios en Galicia (Unións Agrarias y Sindicato Labrego) han pedido este viernes al ministro de Agricultura, Luis Planas, en su visita oficial a la región, que la comunidad gallega no sea discriminada en el reparto de […]