Incubadora de Base Rural de Guimarães abre candidaturas para 2ª fase

Incubadora de Base Rural de Guimarães abre candidaturas para 2ª fase

A Incubadora de Base Rural de Guimarães, projeto pioneiro da Câmara Municipal de Guimarães, torna público o aviso de abertura de candidaturas à 2ª fase do Programa de Incubação da Incubadora de Base Rural de Guimarães – Elaboração do Plano de Negócios, dirigida a todos os promotores de ideias de negócio que procurem apoio e acompanhamento para a formulação de um plano de negócios estruturado, objetivo e parametrizável, em contexto rural.
Nesta etapa, os empreendedores poderão beneficiar de um apoio gratuito e continuado de 3 meses para a redação de um plano de negócios estruturado e objetivo, que lhes permita desenvolver autonomamente as operações tendentes à criação da sua empresa. Para tal, os promotores selecionados serão integrados num programa de mentoria e numa formação de curta duração especializada em consolidação de planos de negócios.
O programa tem início previsto para 26 de fevereiro de 2018, podendo todos os interessados submeter a sua candidatura entre os dias 29 de janeiro e 2 de fevereiro. Não é a obrigatória a frequência da 1ª fase para poder participar no programa. Os procedimentos para submissão de candidaturas são divulgados no aviso que se encontra publicado no endereço <http://www.cm-guimaraes.pt/pages/1267> e <http://www.labpaisagem.pt/ibr>, podendo ser esclarecidas questões adicionais através do endereço [email protected] ou por telefone, pelo número 253 421 200.
A frequência do programa de capacitação inscrito na etapa Elaboração do Plano de Negócios é gratuita, o que constitui uma oportunidade singular de obter apoio e acompanhamento em condições favoráveis para a constituição de empresas inovadoras e de nova geração que acrescentem valor ao ecossistema de empreendedorismo de base rural de Guimarães.
O Programa de Incubação é só um dos apoios oferecidos pela IBR Guimarães para a provisão das melhores condições para que empreendedores dinâmicos e proativos possam colocar todo o seu esforço e dedicação na criação do seu próprio negócio, nas áreas da produção agrícola, agroindustrial, serviços conexos, turismo em espaço rural, tecnologia aplicada, entre outros. Ao mesmo tempo, visa fomentar o bom uso do solo e o desenvolvimento económico no concelho.
Comente este artigo
Anterior Presidente da câmara municipal de alcácer do sal reúne amanhã com ministros da saúde e da agricultura
Próximo PDR2020 : Formação Financiada - Barcelos

Artigos relacionados

Últimas

Mais de 330 homens e 11 meios aéreos combatem incêndio em Pampilhosa da Serra

Pelo menos 334 operacionais apoiados por 11 meios aéreos e 90 viaturas estavam, pelas 16h30 desta terça-feira, a combater um incêndio em Pampilhosa da Serra, […]

Últimas

Produtores de cabrito de raças autóctones perspetivam boas vendas na Páscoa

Produtores de cabrito de raças autóctones revelaram hoje, em Vila Pouca de Aguiar, boas expectativas nas vendas para esta Páscoa, quer de forma direta ou ‘online’. […]

Últimas

Oferta de emprego – Técnico de Obra Júnior – Controlo Vegetação/Serviços Florestais – Licenciado em Ciências Agrárias

Empresa nacional de referência, pretende recrutar para o departamento de produção técnicos recém licenciados para desenvolver atividades relacionadas com a gestão e coordenação […]