Incêndios. Observatório diz que há “problemas que não estão completamente resolvidos”

Incêndios. Observatório diz que há “problemas que não estão completamente resolvidos”

O Observatório Técnico Independente criado pelo parlamento para acompanhar os incêndios florestais considerou este domingo que há “problemas que não estão completamente resolvidos”, acrescentando que vai fazer um relatório sobre os fogos deste fim-de-semana.

O presidente do Observatório, Francisco Rego, afirmou que este organismo “não se vai pronunciar antes de ser feita uma análise bastante completa” sobre os incêndios que estão a lavrar há mais de 24 horas nos concelhos da Sertã e Vila de Rei (Castelo Branco) e que depois passou para Mação (Santarém).

Francisco Rego adiantou que o Observatório, organismo criado pela Assembleia da República em 2018, vai fazer um relatório sobre estes fogos, mas só depois da época crítica de incêndios, em outubro. “O que tentamos fazer em termos de observatório é manter algum distanciamento e alguma frieza na análise das ocorrências”, disse para justificar o facto em não se alongar sobre a forma como estão a ser combatidos estes incêndios.

No entanto, frisou que “é evidente que há indicadores que apontam para problemas que não estão completamente resolvidos”.

Os incêndios que lavram, desde sábado, nos concelhos da Sertã, Vila de Rei e Mação mobilizam mais de mil bombeiros e 15 meios aéreos, segundo a Proteção Civil.

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior Oferta de Estágio - Vindima - Viseu
Próximo Primeiro encontro bilateral Luso-Espanhol “Agricultura, Solo e Sustentabilidade” - 25 de julho - Lisboa

Artigos relacionados

Últimas

AlgarOrange reage a entrevista de secretário geral da CAP

A propósito de uma entrevista recente de Luís Mira, secretário geral da (CAP), publicada no jornal Sol, a AlgarOrange – Associação de Operadores de Citrinos do Algarve apresentou uma carta aberta […]

Sugeridas

Crédito Agrícola apoia exportação com presença no SISAB

O Crédito Agrícola marca presença no SISAB – Salão Internacional do Sector Alimentar e Bebidas, que decorre entre 06 e 08 de Março, […]

Sugeridas

Capoulas Santos está com o “coração destroçado” mas de “consciência tranquila”

[Fonte: Sic Notícias]
O ministro da Agricultura não assume responsabilidades políticas neste caso. Capoulas Santos diz que está com o “coração destroçado” […]