Incêndios: Seis concelhos do distrito de Faro em risco máximo

Incêndios: Seis concelhos do distrito de Faro em risco máximo

Os concelhos de Lagos, Portimão, Silves, Monchique, Loulé e São Brás de Alportel, no distrito de Faro, apresentam hoje um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também 16 concelhos dos distritos de Faro, Beja, Santarém, Castelo Branco e Portalegre em risco muito elevado de incêndio.

Este risco, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente pouco nublado e pequena subida da temperatura mínima.

A previsão aponta ainda para vento fraco a moderado do quadrante leste, soprando temporariamente de noroeste na faixa costeira ocidental durante a tarde, sendo moderado a forte nas terras altas até ao final da manhã e a partir do final da tarde.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 8 graus Celsius (na Guarda) e os 20 (em Portalegre) e as máximas entre os 20 (na Guarda) e os 32 (em Setúbal).

Comente este artigo
Anterior Faça Chuva Faça Sol - T.5 Ep.21
Próximo 2ª. Rota das Plantas Aromáticas e Medicinais na História da Medicina e 11ª. Oficina BioAromas - 16 de outubro - Proença-a-Nova

Artigos relacionados

Dossiers

Descoberta nova espécie de bactéria que afeta qualidade e produção da noz

Investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) descobriram uma nova espécie de bactérias patogénicas na nogueira que “afeta a qualidade” da noz e “ameaça” a sua […]

Últimas

Jornadas Técnicas “Agricultura e Sustentabilidade” – 12 e 13 de março – Torres Vedras

No âmbito das comemorações do seu trigésimo aniversário, a Escola Profissional Agrícola Fernando Barros Leal (EPAFBL) vai organizar dois dias […]

Notícias meteorologia

Verão será mais quente do que o normal. Temperaturas vão ultrapassar os 40 graus

É esperada uma vaga de calor no Sul da Europa, nos meses de junho, julho e agosto. Especialistas falam em efeitos do aquecimento global. […]