Incêndios. Quatro bombeiros feridos em Castelo Branco

Incêndios. Quatro bombeiros feridos em Castelo Branco

[Fonte: SAPO 24]

“Existem quatro bombeiros feridos. São situações de três feridos leves e de um ferido mais grave. Foram transportados à unidade hospitalar, estão em acompanhamento”, explicou o adjunto de operações nacional Alexandre Penha, na sede da ANEPC, em Carnaxide, concelho de Oeiras, distrito de Lisboa, durante um ‘briefing’ com jornalistas para um ponto de situação dos incêndios rurais no país.

Os quatro bombeiros ficaram feridos no combate ao incêndio no concelho da Sertã, em Castelo Branco, distrito no qual também lavra outro incêndio no concelho de Vila de Rei.

“Vários incêndios florestais no distrito de Castelo Branco, no concelho da Sertã e de Vila de Rei. Neste momento temos quatro ocorrências ativas que estão com 387 operacionais, 109 veículos e 15 meios aéreos. Temos também envolvidas máquinas de rasto que estão a tentar fazer o combate às chamas”,referiu Alexandre Penha.

No concelho da Sertã o incêndio lavra nas localidades de Rolã, de Vale da Cova e de São Paio, enquanto no concelho de Vila de Rei o fogo atinge a localidade de Fundada.

O cenário atual já levou a ativar o Plano Municipal de Proteção Civil do concelho de Vila de Rei e será montado um posto de comando na Sertã, que irá fazer a gestão destes quatro incêndios.

“Estamos a falar de um prognóstico que é complexo. Estamos a falar de vários incêndios dentro da mesma região geográfica, incêndios que, além daquilo que são os efeitos meteorológicos que eram expectáveis, estão a criar os próprios efeitos meteorológicos, estão a integrar entre si”, afirmou o adjunto do ANEPC.

“Poder dizer que o combate está a evoluir facilmente, que há uma previsão de uma resolução, não é possível afirmar isso. É uma situação de prognóstico reservado. Vamos ver como vai evoluir durante e noite. É reservado ainda poder afirmar que vamos, ao princípio do dia, ter uma melhor situação do que aquela que temos presente”, acrescentou.

Segundo este responsável, parte da povoação de Cardiga, no concelho da Sertã, foi retirada das suas casas e procedeu-se à evacuação de mais algumas zonas isoladas.

Além disso, também por precaução, foram retiradas da praia fluvial de Bostelim cerca de 60 pessoas.

Alexandre Penha sublinhou que “não há registo de habitações em risco” e que todas as evacuações foram por “prevenção”.

Os incêndios que lavram no distrito de Castelo Branco levaram ainda ao corte da Estrada Nacional 2 na zona entre Vila de Rei e Cernadas, da Estrada Nacional 244, na zona de São João de Peso, e da Estrada Municipal 160, na zona da Várzea.

Dois incêndios que atingem desde as 15:00 de hoje os concelhos de Vila de Rei e da Sertã estão a mobilizar 13 meios aéreos e mais de 500 operacionais.

(Artigo atualizado às 21:21)

Comente este artigo

O artigo Incêndios. Quatro bombeiros feridos em Castelo Branco foi publicado originalmente em SAPO 24.

Anterior Incêndios. Seis fogos ativos mobilizam 750 operacionais e 19 meios aéreos
Próximo Autarca de Vila de Rei diz que fogo está impossível de parar

Artigos relacionados

Últimas

Portugal produziu 4,1 mil toneladas de alimentos compostos para animais em 2018

[Fonte: Agricultura e Mar]
A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária acaba de divulgar o relatório anual relativo à Produção Nacional de Alimentos Compostos para Animais, referente ao ano de 2018. Durante o ano passado foi produzido um total de 4.147.190 toneladas de alimentos compostos. […]

Últimas

Produção de laranja atinge nível mais elevado em mais de 30 anos em 2018

[Fonte: Observador]

A produção dos pomares de citrinos aumentou 8% em 2018 para 403 mil toneladas, com a produção de laranja a atingir o nível mais elevado em mais de 30 anos, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo INE.
De acordo com as Estatísticas Agrícolas do Instituto Nacional de Estatística (INE), […]

Nacional

Apoios ao Rendimento – 26 de Fevereiro 2018 – Santiago de Cacém

A CONFAGRI promove uma sessão de esclarecimentos relativa aos Apoios ao Rendimento dos Agricultores, no âmbito da Política Agrícola Comum (PAC) Pagamentos Diretos e Desenvolvimento Rural, no dia 26 de fevereiro, pelas 14h30, no auditório Municipal António Chainho (Santiago do Cacém) em colaboração com a Caixa de Crédito Agrícola Mútuo da Costa Azul e da AALA- Associação de Agricultores do Litoral Alentejano. […]