Incêndios: Centenas de alunos de Monção plantam árvores em freguesias afetadas em 2017

Incêndios: Centenas de alunos de Monção plantam árvores em freguesias afetadas em 2017

Em comunicado, o município do distrito de Viana do Castelo adiantou que a ação de reflorestar vai decorrer em quatro freguesias, entre 2 e 6 de dezembro, nos lugares “fustigados” pelos incêndios de outubro de 2017.

Longos Vales, Merufe, Barbeita e Bela foram das freguesias mais atingidas pelos fogos em 2017. No total arderam mais de 3.550 hectares.

Em 2017, as chamas começaram já a noite do dia 14 de outubro tinha começado a cair. O fogo deflagrou nas freguesias de Longos Vales e Merufe. Quando chegou à aldeia de Bela saltou o rio Minho e atingiu a Galiza.

O incêndio foi dado como extinto no dia 16, mas deixou um rasto de destruição em várias das 24 freguesias de Monção, no distrito de Viana do Castelo.

Na nota hoje enviada à imprensa, a autarquia liderada pelo social-democrata António Barbosa explicou que a campanha de reflorestação está inserida no projeto Eco-Escolas.

A ação terá início na segunda-feira, com as crianças do pré-escolar, terminando na sexta-feira, com os alunos do primeiro e segundo ciclos do Colégio do Minho.

As “espécies arbóreas florestais a plantar são o carvalho alvarinho, o carvalho negral, o castanheiro, a cerejeira brava, a faia, o medronheiro, a nogueira, o sobreiro e o pinheiro bravo”.

A iniciativa vai realizar-se ao abrigo do projeto “Terra de Esperança”, cuja entidade promotora é a Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente (ANEFA), tendo como parceiros a Fundação GALP e a Câmara Municipal de Monção.

O artigo foi publicado originalmente em SAPO 24.

Comente este artigo
Anterior Agricultores franceses protestam em Paris contra receitas estagnadas
Próximo Recortes en la PAC: Planas achaca a un “error de interpretación” la anunciada bajada de las ayudas para 2021

Artigos relacionados

Nacional

Portugal leva 75 produtores de vinho à estreia da Vinexpo Paris

Os vinhos portugueses vão estar em evidência em França na 1.ª edição da Vinexpo Paris, de 10 a 12 de Fevereiro. […]

Últimas

ASAE apreende vinhos e chocolates por uso ilegal de denominação de origem protegida

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), através da sua Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal (UNIIC), realizou […]

Últimas

“Nas próximas 36 horas, o dispositivo não desarma”, diz Proteção Civil sobre fogos florestais

O comandante da Proteção Civil para a região Centro Norte , Pedro Nunes fez um novo ponto da situação à imprensa sobre os incêndios na região de Castelo Branco e garantiu que “no melhor dos cenários nas próximas 24h/36 horas o dispositivo não desarma”. […]