Grupo Accor aposta em hortas hurbanas em hotéis

Grupo Accor aposta em hortas hurbanas em hotéis

Grupo Accor aposta em hortas urbanas nos seus hotéis em todo o mundo, a ambição do Grupo é oferecer uma experiência gastronómica de qualidade, saudável e sustentável.

Visto que 36% dos hotéis do Grupo Accor em Portugal já contam com uma horta urbana para a plantação de diversos produtos frescos e biológicos, que são utilizadas na elaboração dos menus dos restaurantes dos hotéis, na carta de cocktails e chás nos bares, e até nos óleos aromáticos dos spas. Vegetais, frutas, ervas e flores comestíveis são alguns dos cultivos existentes nas hortas urbanas dos hotéis do Grupo no nosso país. Entre algumas das unidades que já contemplam esta oferta, encontram-se os hotéis ibis Faro Algarve, Novotel Setúbal, Novotel Porto Gaia e Sofitel Lisbon Liberdade.

Segundo Rebeca Ávila, Diretora do Departamento de Responsabilidade Social Corporativa da AccorHotels Europa do Sul: “A colocação de hortas urbanas nos hotéis de todo o grupo permite reduzir o impacto ambiental ao máximo e oferecer aos nossos clientes os produtos mais frescos. Nesta linha, temos que destacar também o facto de que, cada unidade hoteleira é incentivada para escolher fornecedores nacionais e produtos da época. Um dos nossos objetivos até 2020 é que, pelo menos 10 produtos sejam regionais, e cada unidade deve garantir que ¾ das frutas ou legumes são da época.”

Mais de 1,000 hortas urbanas em todo o mundo contribuem para a transformação do modelo agrícola e alimentar com o objetivo de dar resposta ao aumento da procura de produtos locais e frescos, e de oferecer alternativas saudáveis adequadas às diferentes necessidades alimentares, o Grupo Accor conta atualmente com 1064 hortas urbanas em todo o mundo, que proporcionam vegetais e ervas aromáticas diretamente aos restaurantes e bares dos hotéis.

Menus mais frescos, mais locais e com menos 30% de desperdício para além de contribuir para a criação de opções alimentares mais variadas e saudáveis, e apoiar modelos agrícolas sustentáveis através da instalação de hortas urbanas, o Grupo Accor definiu como prioridade a luta contra o desperdício de comida. Até o final de 2020 pretende-se então reduzir o desperdício alimentar um 30%, através da promoção de iniciativas de sensibilização e ação entre clientes, colaboradores e público em geral.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Pedido de reflexão de um jovem agricultor - Filipe Castelo Branco
Próximo CONFAGRI: A Política Agrícola Comum pós 2020

Artigos relacionados

Nacional

Agrogarante promove “Conversas de Agricultura” em Castelo Branco

Home Agenda Agrogarante promove “Conversas de Agricultura” em Castelo Branco

Terá lugar no dia 26 deste mês de Fevereiro, […]

Últimas

Setúbal reforça equipamento de gestão de combustível florestal

A Câmara Municipal de Setúbal acaba de reforçar o seu equipamento de gestão de combustível florestal. Segundo fonte da autarquia, a gestão de combustível florestal do concelho desenvolvida pela Câmara Municipal de Setúbal com o objectivo da prevenção dos incêndios foi recentemente reforçada com a aquisição de uma máquina corta-mato, […]

Nacional

Governo anuncia até ao fim da semana apoios para o sector vitivinícola

O Governo deverá anunciar até ao final da semana um conjunto de medidas para ajudar o setor vitivinícola a enfrentar a crise provocada pela Covid-19, […]