Governo pagou 1.600 ME ao setor agrícola e florestal em 2020

Governo pagou 1.600 ME ao setor agrícola e florestal em 2020

O Governou pagou 1.600 milhões de euros ao setor agrícola e florestal em 2020, mais 160 milhões de euros em comparação com 2019, anunciou hoje, em Lisboa, a ministra da Agricultura.

“Pagámos ao setor agrícola e florestal 1.600 milhões de euros, um acréscimo de 160 milhões de euros relativamente a 2019”, indicou Maria do Céu Antunes, que falava numa audição parlamentar de Agricultura e Mar.

Entre as operações efetuadas, a governante destacou o adiantamento de 487 milhões de euros no âmbito do Pedido Único e uma medida excecional, criada em dezembro, para apoiar os setores mais afetados com a pandemia de covid-19, no valor de 12,2 milhões de euros.

O Pedido Único é uma solicitação de pagamento direto das ajudas que integram os regimes sujeitos ao sistema integrado de gestão e controlo, segundo a informação disponibilizada no ‘site’ do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP).

Os pagamentos diretos aos agricultores foram reforçados em 85 milhões de euros com a transferência entre pilares do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020.

No ano passado, o setor do vinho foi também apoiado com 11 milhões de euros.

“Os nossos agricultores trabalharam diante as dificuldades. Criaram condições para se adaptarem e irem ao encontro desta nova realidade [covid-19]. O papel do ministério foi de acompanhar e monitorizar o que é o desafio que se foi colocando à agricultura portuguesa”, notou.

Durante o ano de 2020, o IFAP procedeu a pagamentos que ascenderam a um montante total de cerca de 1,7 mil milhões de euros, dos quais se destacam os seguintes:


IFAP: PAGAMENTOS ANO 2020

FEAGA – 846,0 milhões de euros

    • Regime de Pagamento Base – 262,9 milhões de euros
    • Pagamento por Práticas Agrícolas Benéficas para o Ambiente e para o Clima (Greening) – 190,2 milhões de euros
    • Pagamento Redistributivo – 41,3 milhões de euros
    • Regime de Pequena Agricultura – 42,1 milhões de euros
    • Apoio Associado Voluntário:
      • «Animais» – 118,7 milhões de euros
      • «Superfícies» – 9,1  milhões de euros

 

  • Novo Regime da Vinha – 9,6 milhões de euros
  • Medidas de Mercado – 46,0 milhões de euros
  • Seguro Vitícola de Colheitas –  4,8 milhões de euros
  • POSEI Abastecimento –  16,0 milhões de euros
  • POSEI Açores
    • Produções Animais – 61,5 milhões de euros
    • Produções Vegetais – 13,1 milhões de euros
  • POSEI Madeira
    • Medida 1  – 4,4 milhões de euros
    • Medida 2 – 13,7 milhões de euros

 

FEADER – 624,2 milhões de euros

  • PDR 2020
    • Investimento – 240,7 milhões de euros
    • Instrumentos Financeiros – 5,0 milhões de euros
    • Medidas Agroambientais – 150 milhões de euros
    • Manutenção da Atividade Agrícola em Zonas Desfavorecidas – 142,2 milhões de euros
    • Florestação de Terras Agrícolas – 11,0 milhões de euros
    • Seguro de colheitas – 6,5 milhões de euros
  • PRORURAL+
    • Investimento – 24,4 milhões de euros
    • Medidas Agroambientais – 9,7 milhões de euros
    • Manutenção da Atividade Agrícola em Zonas Desfavorecidas – 9,5 milhões de euros
  • PRODERAM 2020
    • Investimento – 15,9 milhões de euros
    • Manutenção da Atividade Agrícola em Zonas Desfavorecidas – 7,9 milhões de euros

FEAMP – 75,3 milhões de euros

OUTROS PAGAMENTOS – 9,8 milhões de euros

 

MEDIDAS COVID-19

FEADER

  • PDR 2020
    • Investimento  – 77,9 milhões de euros
  • PRORURAL+
    • Investimento  – 5,5 mil euros
  • PRODERAM 2020
    • Investimento  – 6,4 mil euros

FEADER

  • MAR 2020 – 6,5 mil euros
Comente este artigo
Anterior Transferência de competências para ICNF não penaliza Ministério da Agricultura - Governo
Próximo Tomate para transformação - Celebração de contratos - Campanha 2021

Artigos relacionados

Cotações PT

Cotações – Aves e Ovos – 5 a 11 de abril 2021

Na semana em análise as cotações médias nacionais do frango, vivo (de 1,8 kg) e abatido (65% – de 1100 a 1300 g) e do peru, vivo (de 1,8 kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 kg), mantiveram-se […]

Últimas

Webinar: Novos rumos com o Plano Nacional de Gestão Integrada de Fogos Rurais e o Programa de Transformação da Paisagem: III Debate Florestas e Direito – 11 de novembro

III Debate Florestas e Direito: Novos rumos com o Plano Nacional de Gestão Integrada de Fogos Rurais e o Programa de Transformação da Paisagem […]

Últimas

O Benefício: a startup com uma visão capitalista-humanista

[Fonte: Jornal Económico]
Nascida com a missão de desenvolver produtos de alto valor acrescentado, apenas coloca no mercado 100 unidades do Benefício produzido, […]