Governo dos Açores garante aprovação de 21 ME de projetos de modernização agrícola

Governo dos Açores garante aprovação de 21 ME de projetos de modernização agrícola

[Fonte: Açoriano Oriental]

O Governo dos Açores decidiu reforçar a dotação dos avisos relativos à instalação de jovens agricultores e à modernização das explorações agrícolas, no âmbito do programa PRORURAL+, cujas candidaturas estão em análise, garantindo a aprovação de 21 milhões de euros de projetos de modernização das explorações agrícolas e a primeira instalação de 87 jovens agricultores, uma medida com impacto muito positivo no desenvolvimento e no futuro do setor agrícola.

“Com esta decisão, o Governo dos Açores fica em condições de aprovar a instalação imediata de 57 jovens agricultores, e mais 30 brevemente, bem como 219 projetos de modernização das explorações agrícolas, que representam um investimento global de 21 milhões de euros e uma despesa pública de 12 milhões de euros”, disse o secretário regional da Agricultura, João Ponte, que falava, em Ponta Delgada, à margem de uma reunião com o presidente da Federação Agrícola dos Açores.

O titular da pasta da Agricultura referiu, citado em nota do Gacs, que a dotação inicial dos avisos do PRORURAL+ em causa não era suficiente para o Governo Regional contratualizar todo os projetos que mereceram parecer favorável, situação que fica agora solucionada.

Para João Ponte, está em causa uma decisão positiva e com impacto importante no desenvolvimento e no futuro do setor, que ficará melhor capacitado do ponto de vista da produção e com mais jovens, com energia e força para continuarem a fazer progredir a agricultura nos Açores.

Comente este artigo

O artigo Governo dos Açores garante aprovação de 21 ME de projetos de modernização agrícola foi publicado originalmente em Açoriano Oriental

Anterior Nova Plataforma InCeres traz mais soluções para Agricultura de Precisão
Próximo Governo dos Açores com nova proposta para levar cerca de 300 agricultores à reforma

Artigos relacionados

Últimas

Mais de 61 mil hectares de área ardida até 30 de junho

Os incêndios florestais consumiram 61.624 hectares nos primeiros seis meses do ano e 2017 foi considerado o ano com maior área ardida desde 2007 e o quinto ano com mais ocorrências desde essa data, comparando com os períodos homólogos.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_4 span,#wpdevar_comment_4 iframe{width:100% !important;} […]

Sugeridas

Kiwi nacional é mais apreciado do que o importado

[Fonte: Vida Rural]

Os kiwis portugueses são mais apreciados do que os kiwis importados. Quem o diz é a Associação Portuguesa de Kiwicultores (APK) que, em parceria com a Escola Superior de Biotecnologia (ESB) da Universidade Católica Portuguesa, realizou recentemente um estudo para identificar os atributos físico-químicos e sensoriais que diferenciam o kiwi nacional. […]

Nacional

Paisagem da vinha do Pico em destaque na Feira Nacional da Agricultura

[Fonte: Gazeta Rural]

Uma representação das tradicionais curraletas de vinha da ilha do Pico vão estar em destaque na entrada do recinto da 56.ª Feira Nacional da Agricultura, que decorre de 8 a 16 de junho, em Santarém.
Cerca de 20 toneladas de materiais, […]