Governo abre mercado chinês à uva de mesa portuguesa

Governo abre mercado chinês à uva de mesa portuguesa

[Fonte: MAFDR] Após um intenso processo de negociações técnicas e diplomáticas, foi hoje aberto o mercado chinês à exportação de uva de mesa produzida em Portugal.

Trata-se do primeiro acordo fitossanitário conseguido com as autoridades chinesas, abrindo mais uma oportunidade de crescimento para o setor hortofrutícola nacional. Pode agora ter início a exportação da primeira fruta portuguesa para a China, desde que cumpridos todos os requisitos acordados entre as autoridades fitossanitárias nacionais e chinesas.

Para o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, “esta é uma excelente notícia para o setor hortofrutícola nacional, cujas exportações têm vindo a registar uma trajetória ascendente muito consistente”. Medeiros Vieira cita os números recentes: “até ao mês de julho, em 2019, as exportações do setor hortofrutícola ultrapassaram já os 900 milhões de euros, valor que corresponde a um crescimento de 11% face ao período homólogo”.

“O mercado chinês, que este Governo abriu para a carne de porco, é um mercado de extrema exigência, mas de uma dimensão relevantíssima, capaz de fazer a diferença para muitos produtores nacionais”, sublinha o governante, considerando também que “nesta matéria, é necessário ter uma estratégia de negociação consistente, assente em elevados padrões de qualidade e numa diplomacia dinâmica e com grande capacidade de resposta”. O Secretário de Estado da Agricultura está agora otimista também quanto à abertura deste mercado para citrinos, pera e maça, processos que estão já em fase adiantada de negociação.

Desde que assumiu funções, este Governo já abriu 56 mercados, para 228 produtos (172 da área animal e 56 de origem vegetal) e está a trabalhar de forma intensa e empenhada na abertura de 61 mercados, para viabilização da exportação de 277 produtos, sendo 232 da área animal e 45 da área vegetal.

Comente este artigo
Anterior Sr. Reitor, onde está a ação climática da Universidade de Coimbra? - Paulo Canaveira
Próximo Prémio da Maçã Riscadinha de Palmela já tem vencedores. Adrepes entrega 100 macieiras

Artigos relacionados

Comunicados

Câmara Municipal de Alcácer do Sal critica passividade do Ministério do Ambiente

[Fonte: Câmara Municipal de Alcácer do Sal]
Em busca de alternativas em períodos de seca
O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, […]

Comunicados

CEi celebra 4 anos com mais de 80 empresas incubadas em Castelo Branco

O CEi – Centro de Empresas Inovadoras de Castelo Branco celebra, esta sexta-feira, dia 28 de julho o seu 4º Aniversário com um dia repleto de atividades: Open Day, […]

Comunicados

CA Seguros eleita, pelo sexto ano, Melhor Seguradora Não Vida

A CA Seguros, seguradora Não Vida do Grupo Crédito Agrícola, foi eleita, pela sexta vez, Melhor Seguradora Não Vida do seu segmento. […]