Fruit Attraction adapta formato face à Covid-19

Fruit Attraction adapta formato face à Covid-19

Os preparativos da 12.ª edição da Fruit Attraction, que decorre de 20 a 22 de Outubro de 2020, com a Flower & Garden Attraction e com o novo projecto Fresh Food Logistics, soluções para toda a cadeia de frio, estão em marcha, com a organização a incorporar novos elementos ao formato da feira, com o objetivo de alavancar a reconstrução das relações comerciais internacionais entre o sector de frutas e legumes, num momento-chave como é Outubro.

A confiança do sector como um todo e o apoio da comunidade internacional da Fruit Attraction para acelerar a recuperação face à Covid-19, espelham-se no aumento de 5% nos pedidos de participação nesta altura face ao ano anterior.

«Temos a responsabilidade de fazer a Fruit Attraction juntos. Estou certo de que, quando fechar as suas portas a 22 de Outubro, todos os empresários participantes terão orgulho de ter contribuído para fazer parte da reconstrução das relações comerciais internacionais em toda a cadeia de valor do sector de frutas e legumes. O sector agroalimentar mostrou e continuará a mostrar à comunidade, durante esta pandemia da Covid-19, todos os seus pontos fortes, reafirmando-se como um sector estratégico e fundamental para a confiança na nossa estrutura social e no fornecimento de alimentos», diz Raúl Calleja, director da feira.

Jorge Brotons, presidente da Fepex e Comité Organizador da Fruit Attaction, acrescenta: «Continuamos a trabalhar em Outubro, num cenário de regresso a uma certa normalidade, porque precisamos de trabalhar para ajudar as empresas a continuarem a vender e a crescer. A feira funcionará como um grande tributo e reconhecimento a todos os profissionais do sector de frutas e legumes que trabalham intensamente no campo, no fornecimento de produtos, em indústrias, em logística, em distribuição, em marketing, em armazéns, e nos pontos de venda em todo o Mundo durante os meses de confinamento e incerteza».

O IFEMA e a Comunidade de Madrid concordaram em desmantelar no mês de Maio o Hospital de Emergência que actualmente está nas suas instalações, permitindo assim avançar com a execução dos projectos de manutenção e investimentos programados para os próximos meses de Verão, garantindo a aptidão das suas infraestruturas para retomar a actividade a partir de Setembro próximo.

Entre as novas disposições que o IFEMA implementará nos próximos meses, incluem-se a medição da temperatura corporal spara ajudar a prevenir e controlar aqueles que acedam ao local.

Ciente do cenário de incerteza, mas sentindo a necessidade de gerar oferta e procura comercial de frutas e legumes, acompanhando as empresas no novo cenário de investimentos e minimizando os riscos de participação na Fruit Attraction, já está em andamento um novo formato no qual a «funcionalidade e utilidade comercial intrínseca à feira» será aprimorada, provavelmente menos social, mas sempre preservando todos os aspectos relacionados à segurança e saúde dos participantes (gestão de acessos, controle de temperatura, medidas higiénico-sanitárias, …).

Isto implica passar de um evento de concentração de visitantes para um modelo de concentração de processos de compra e venda e apresentação de notícias, inovação e conhecimento para este novo contexto de mercado e consumo. Serão três dias em que o sector misturará relacionamentos comerciais num formato cara a cara mas também digital. Três dias de acordos internacionais de compra e venda, fornecimento e fornecimento, planeamento de campanhas, apresentação de notícias, fóruns e debates presenciais e virtuais, tirando proveito da tecnologia 5G da IFEMA.

A Fruit Attraction será realizada com visitantes de vários países que já poderão participar pessoalmente no evento, e outros que participarão digitalmente, através de um novo serviço B2B-eMeeting (vídeochamadas de 30 a 45 minutos, plataforma disponível para smartphone ou laptop, com agendas fechadas ou espontâneas entre empresas expositoras e compradores de todo o Mundo que fazem parte de toda a comunidade digital da feira).

Também os congressos, conferências, debates, apresentações de empresas ocorrerão num formato misto e começará virtualmente no “Fórum Virtual de Frutas” a 14 de Outubro.

Até ao início da feira, a 20 de Outubro, realizar-se-ão eventos digitais diários. Durante a feira, todos os espaços de conferência, áreas comuns, áreas de trabalho, cumprirão com todos os protocolos sociais e de higiene estabelecidos pelas autoridades, com sistemas de controle e gestão de capacidade, controles de temperatura, assegurando assim a segurança e saúde de todos os participantes do evento, que receberão anteriormente um guia de recomendações comportamentais pós-Covid-19.

Optimizar custos, minimizar riscos e simplificar a participação das empresas são outros dos pilares estratégicos do Fruit Attraction 2020.

As inscrições para as empresas que queiram participar nesta edição da Fruit Attraction ainda decorrem aqui.

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas, Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Analistas do Rabobank apontam para possível redução da área plantada
Próximo Mação, Sertã e Vila de Rei vão ter projetos-piloto de transformação da paisagem

Artigos relacionados

Notícias apoios

Agricultura: Depois da tempestade pode vir a chuva de milhões

Granizo do último fim de semana destruiu plantações de fruta. Governo promete linha de crédito para apoiar produtores […]

Nacional

Portugal tem menos produção biológica mas utiliza menos fertilizantes

Portugal produz menos agricultura biológica, mas compara bem em termos médios na menor utilização de fertilizantes e pesticidas. […]

Blogs

A Floresta vista ao milímetro

As tecnologias de informação estão a abrir uma nova era na gestão florestal, permitindo níveis de conhecimento com enorme precisão. […]