Entrega de Declaração de Existências de Produtos Vínicos até 10 de Setembro

Entrega de Declaração de Existências de Produtos Vínicos até 10 de Setembro

A apresentação da Declaração de Existências constitui uma obrigação de todos os detentores de produtos vínicos, reportando-se aos volumes detidos a 31 de Julho de 2019 e deve ser apresentada até ao dia 10 de Setembro.

Tal como sucedido em campanhas anteriores, a Declaração de Existências (DE) é efectuada por submissão electrónica através do Sistema de Informação da Vinha e do Vinho (SIVV).

A Declaração de Existências deve ser apresentada, como habitualmente, entre o dia 1 de Agosto e 10 de Setembro.

A entrega fora do prazo conduzirá à aplicação de penalizações, nomeadamente com coima que pode ir de € 250 a € 10.000, por força do artigo 18.º do Decreto-Lei n. º213/2004 de 23 de Agosto.

No caso de necessitar de apoio na submissão electrónica da Declaração de Existências deve dirigir-se à sua organização de agricultores.

Na Região Demarcada do Douro e na Região dos Vinhos Verdes o apoio é assegurado por um conjunto de entidades pertencentes ao Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP, IP) e à Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV).

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Segurança Alimentar | Entrevista a Francisco Sarmento
Próximo Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 5 a 11 Agosto 2019

Artigos relacionados

Últimas

Incêndios: “Se o interior ficou sem árvores, então que nas cidades deixem de usar carros”

Carlos Crisóstomo, de 62 anos, 25 como bombeiro voluntário, mostra-se frustrado e abatido enquanto olha para a floresta queimada que se avista da sua casa, […]

Nacional

CDS Madeira quer dar preferência aos produtos alimentares da Região nas escolas, lares e hospitais

O presidente do CDS Madeira e candidato ao Governo Regional, Rui Barreto, diz que se vencer as eleições de 22 de Setembro, […]

Nacional

As chuvas de dezembro trouxeram madeira até às praias da Figueira da Foz. A Câmara está a limpar e diz que não multa quem quiser levar

As inundações na região a montante da Figueira da Foz, litoral do distrito de Coimbra, e o forte caudal do rio Mondego, […]