Elvas: Obras modernizam laboratório colaborativo na antiga Estação de Melhoramento de Plantas

A obra do Centro de Valorização e Transferência de Tecnologia (CVTT) prossegue no Instituto Nacional de Investigação Agrário e Veterinária (INIAV) Elvas, a antiga Estação de Melhoramento de Plantas.

Instalado provisoriamente no primeiro piso do edifício principal do Pólo de Elvas do INIAV, o InnovPlantProtect (InPP), laboratório colaborativo com missão de desenvolver biopesticidas inovadores para proteger as culturas mediterrânicas, encontra-se em obras de modernização e adaptação das condições do piso térreo à instalação de laboratórios e outras estruturas.

O presidente da Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha, visitou o espaço na manhã de quarta-feira, dia 24, sendo acompanhado pelo diretor do INIAV Elvas, Benvindo Maçãs, e outros técnicos ligados à obra em curso.

Estes laboratórios colaborativos criaram emprego altamente qualificado em regiões menos povoadas do país. O InPP tem, actualmente, contratados 38 pessoas, 16 das quais doutoradas, 17 mestres e cinco licenciados. Estas pessoas em conjunto têm as seguintes competências, disponíveis para atingir os objetivos do InPP: Biologia molecular de plantas, fungos e bactérias patogénicos, e de pragas; Bioquímica e Microbiologia; Biotecnologia e Melhoramento Molecular; Bioinformática e Bioestatística; Formulações e Nano e Microtecnologia; Desenvolvimento de Produtos; Sistemas de Informação Geográfica; Ciências da Computação e Inteligência Artificial e Gestão de Projetos e de Comunicação.

As actividades iniciaram-se em Janeiro de 2020 e o InnovPlantProtect (InPP) é uma associação privada sem fins lucrativos, criada em Janeiro de 2019, constituída por iniciativa da Universidade Nova de Lisboa e que congrega 12 fundadores: INIAV, Município de Elvas, Universidade de Évora, Syngenta Crop Protection, Bayer CropScience Portugal, Fertiprado, CEBAL, Casa do Arroz, ANPOC, ANPROMIS e FNOP.  O InPP conseguiu juntar mais de sete milhões de euros para a sua instalação e contratação dos seus colaboradores.

O artigo foi publicado originalmente em Linha de Elvas.

Comente este artigo
Anterior Fórum para o Futuro da Agricultura debate renovação do sistema alimentar - 23 de março
Próximo Benefícios fiscais para o interior tiveram impacto de cerca de 27 milhões

Artigos relacionados

Últimas

Corteva Agriscience™ patrocina Farming Simulator League

A Corteva Agriscience, empresa líder no setor agrícola na tecnologia aplicada a sementes, proteção das culturas e agricultura digital, […]

Últimas

Fogo de Tomar passou o Zêzere e entrou em Abrantes e Constância

O incêndio que deflagrou este sábado à tarde em Tomar passou o rio Zêzere e entrou nos concelhos de Abrantes e Constância, […]

Sugeridas

Agricultores do Alentejo e empresas doam trigo, farinha e massa ao Banco Alimentar

Agricultores do Alentejo e duas empresas doaram hoje à Rede de Emergência do Banco Alimentar Contra a Fome cinco toneladas de farinha […]