É o método produtivo que é sustentável, senhoras e senhores! Não o produto. – João L. Barroso

É o método produtivo que é sustentável, senhoras e senhores! Não o produto. – João L. Barroso

Com pouco alarido foi lançado em 2015 o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), uma iniciativa de adesão voluntária promovida pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) e dirigida aos produtores de uva e de vinho da região. Este não é um programa simples, é composto por 171 critérios de avaliação e conta já, ao dia de hoje, com 430 membros.

A estratégia do PSVA assenta na redução de custos e no aumento da viabilidade económica dos produtores, alicerçado no incentivo da pro-atividade em relação ao aumento das pressões ambientais, e respondendo a preocupações sociais. Sendo o ambiente a base onde a atividade vitivinícola está alicerçada, este tem um papel de relevo em qualquer estratégia de sustentabilidade, sendo porventura a sua parte mais visível e mediática.

No campo, promove-se a boa gestão dos solos, a redução no uso de fitofármacos, a utilização de organismos auxiliares, a preservação dos ecossistemas e da biodiversidade, a conservação e restauro das linhas de água, o recurso aos modos de produção integrada e biológica. Na adega, a eficiência energética e o uso racional de água são prioritários, mas também a redução dos resíduos produzidos. Promove-se, igualmente, a desmaterialização de processos, e o uso de produtos mais verdes, como rolhas de cortiça, barricas e outros materiais de florestas certificadas.

É, ainda, encorajada a formação dos colaboradores para que eles […]


Coordenador de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo

Continue a ler o artigo em Diário de Notícias.

Comente este artigo
Anterior Marcelo enaltece político transmontano que fez o impossível há 60 anos
Próximo No Fundão a provar a força do Interior

Artigos relacionados

Últimas

Climate Talk: The Business sense of internalizing climate change – 4 de fevereiro

Nesta Climate Talk vamos debater a razão e o processo de internalizar as alterações climáticas no negócio dos vinhos: Por onde começar? Como se materializa nas finanças do negócio? Quais são as mudanças fundamentais que esta decisão vai […]

Sugeridas

Associação pede a Bruxelas avaliação dos impactos da estratégia do Prado ao Prato

A Associação Nacional da Indústria para a Proteção das Plantas (ANIPLA) pediu hoje à Comissão Europeia uma “avaliação holística” do impacto da estratégia do Prado ao Prato, […]

Comunicados

Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Julho de 2021

As previsões agrícolas, em 30 de junho, apontam para a manutenção do rendimento unitário no trigo, triticale e aveia, para uma diminuição de 5% no centeio e para um […]