Detido suspeito de fogo florestal em Vila Pouca de Aguiar

Detido suspeito de fogo florestal em Vila Pouca de Aguiar

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real deteve um homem suspeito de ter ateado um incêndio florestal na zona da serra do Alvão, em Vila Pouca de Aguiar, anunciou esta terça-feira aquela força policial.

A PJ disse, em comunicado, que o detido tem 36 anos e está “fortemente indiciado” pela prática de um crime de incêndio numa área florestal em Vila Pouca de Aguiar.

O fogo, de acordo com a polícia, ocorreu no dia 03 de maio e “consumiu área de mancha florestal constituída, maioritariamente, por carvalho e mato”.

Segundo a Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, o foco de incêndio colocou em perigo várias habitações que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros”.

O detido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

O artigo foi publicado originalmente em Correio da Manhã.

Comente este artigo
Anterior Corteva prepara-se para inovar no mercado
Próximo Energia e adubos levam a aumento de 1,6% dos custos na agricultura em Março

Artigos relacionados

Ofertas

Oferta de emprego – Técnico de Produção Animal – Engenheiro Zootécnico – Alcobaça

Uma das nossas empresas(VALGRUPO) está a recrutar um(a) Técnico(a) de Produção Animal […]

Fitotema

Atualização da zona demarcada para Trioza erytreae – Psila Africana dos Citrinos – 28 julho 2020

A DGAV procedeu à publicação do Despacho n.º 23/G/2020 de 28 de julho, relativo à atualização da Zona Demarcada para Trioza erytreae, dando […]

Nacional

Covid-19: Há agricultores a ser burlados por causa da plataforma “Alimente quem o Alimenta”, alerta o Ministério da Agricultura

Como é do conhecimento público, devido à crise provocada pela Covid-19 o Ministério da Agricultura lançou o programa “Alimente quem o Alimenta”, […]