Dar o melhor pela fruta é cuidar do que é nosso. E nosso é o novo Compal Origens Maçã de Alcobaça.

Dar o melhor pela fruta é cuidar do que é nosso. E nosso é o novo Compal Origens Maçã de Alcobaça.

Alcobaça é uma cidade do centro do país conhecida pelos doces conventuais, pelos monumentos da Ordem de Cister e pela fruta como a Maçã de Alcobaça. Num ano em que Compal Origens e o Centro de Frutologia Compal querem reforçar o seu apoio às regiões portuguesas, à economia e ao setor frutícola, esta é uma das terras em destaque.

A Maçã de Alcobaça é a maçã mais conhecida em Portugal, com diferentes variedades e cores, sendo a sua qualidade explicada pela localização, pelo excelente clima, drenagem dos campos, polinização e qualidade da água. A Maçã de Alcobaça é produzida segundo uma estratégia de Proteção/Produção Integrada. É um processo de produção racional e controlado, que permite melhorar a qualidade, proporciona segurança alimentar e contribui para o equilíbrio do meio ambiente.

São 9 as variedades desta maçã com designação de IGP – Indicação Geográfica Protegida.

Compal Origens Maçã de Alcobaça é um néctar com o equilíbrio perfeito das variedades Royal Gala, Golden Delicious e Reineta.

Este sabor vai ser apoiado por uma campanha de comunicação que começa com um primeiro filme sobre as curiosidades da Maçã de Alcobaça, nomeadamente esta de não ser apenas uma variedade, mas sim nove ao todo. “É uma maçã única. Não é uma única maçã.” A história é protagonizada por um dos muitos produtores de maçã de Alcobaça e em simultâneo, um segundo filme que tem como objetivo convidar de forma universal os consumidores a submeterem candidaturas à formação da Academia do Centro de Frutologia Compal que irá atribuir 100.000€ em bolsas de apoio à produção.

Em ambos os casos a Compal está a cuidar do que é nosso. Das nossas frutas, da nossa fruticultura e da nossa preferência pelo que é português.

A criatividade desta campanha é da VMLY&R, a consultoria de produção da Film Brokers, a produção da Major West e o planeamento de meios da Initiative. A nova campanha multimeios arranca dia 14 de abril e estará presente em TV (canais generalistas e cabo), em digital, outdoor, ponto de venda e imprensa.

Brevemente irão juntar-se os últimos dois sabores deste quarteto, provenientes de outras terras, também elas, bem portuguesas.

Compal. É mesmo natural.

Comente este artigo
Anterior Gestão da biomassa residual na Beira Interior
Próximo Governo invoca “força maior” para evitar penalização a pastor de Arcos de Valdevez

Artigos relacionados

Notícias inovação

Ministra da Agricultura quer inovação na resposta aos novos desafios

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, defendeu uma aliança entre a tradição e a inovação para responder aos desafios do setor. […]

Últimas

Financial instruments to play key role in transition towards sustainable food systems

Financial instruments, available under the common agricultural policy (CAP), have a significant potential in contributing to the achievement of the Green Deal ambitions and more specifically […]

Últimas

Universidade de Évora está a desenvolver um projeto para criar jardins sustentáveis

A ideia é usar plantas autóctones, mas mais resistentes ao calor e aos longos períodos de seca. Carla Pinto Cruz, Professora do Departamento de Biologia e investigadora no MED da Universidade de Évora (UÉ) lidera […]