Curso “Comunicar Agricultura e Floresta” – 2 a 4 de fevereiro

Curso “Comunicar Agricultura e Floresta” – 2 a 4 de fevereiro

Estão abertas as inscrições para a 6ª edição do curso online “Comunicar Agricultura e Floresta”. Este curso, que decorrerá nos próximos dias 2, 3 e 4 de Fevereiro, destina-se a todos os técnicos da área agrícola e florestal que queiram melhorar a sua comunicação com o público em geral.

Porquê comunicar melhor agricultura e floresta?

Numa “era digital”, onde a velocidade de circulação de informação é cada vez maior, muitas vezes permitindo a disseminação de notícias com pouco rigor técnico e até mesmo falsas, a comunicação dos sectores agrícola e florestal torna-se uma prioridade. E por isso é cada vez mais importante comunicar numa linguagem acessível a todos, compreender o público que temos por “detrás do ecrã” e ajustar a nossa narrativa a quem nos lê e nos ouve. Fugir do registo reactivo, infelizmente demasiado comum na comunicação do sector, perceber a importância da linguagem clara e do uso do storytelling são elementos fundamentais nesta nova comunicação digital.

Objectivos e programa

Este curso, que tem uma duração de 5 horas, tem como objectivos e conteúdos programáticos:

  • Fornecer técnicas de linguagem clara.
  • Ensinar como simplificar jargão técnico.
  • Ensinar como estruturar uma linha narrativa.
  • Mostrar a importância do “storytelling” na comunicação do sector agrícola e florestal.

A formadora

Cristina Soares, consultora em comunicação clara de ciência, é a responsável por este curso. Com formação em Engenharia Florestal, trabalhou no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, deu aulas de cartografia e detecção remota no Instituto Politécnico de Tomar, mas acabou por se dedicar à área da comunicação e à linguagem. Entre as várias empresas e instituições com as quais tem colaborado, destacam-se: Português Claro, Instituto Superior de Agronomia, Instituto de Telecomunicações (IST), Mare- IPL, INSA – Ricardo Jorge, Montis e Fenareg.

Preço, horários e inscrições

Preço – 70€ (IVA incluído)

Horários:

Dia 2 de Fevereiro – 18.30 – 20.30

Dia 3 de Fevereiro – 18.30 – 20.00

Dia 4 de Fevereiro – 18.30 – 20.00

Inscrições e mais informações:

Email para: [email protected]

Comente este artigo
Anterior AEP promove missões empresariais à Ásia Oriental para empresas nacionais
Próximo UE precisa de acordo com o Mercosul por razões geopolíticas, afirma Costa

Artigos relacionados

Últimas

Culturas intensivas dividem agricultores e ambientalistas

[Fonte: Diário do Alentejo] A “invasão” do Alentejo por culturas intensivas “atraídas” pelo regadio do Alqueva está a gerar polémica, […]

Últimas

Teresinha, as estufas e a praga de moscas da fruta no Sudoeste Alentejano

Teresinha Oliveira e o marido, Sérgio Oliveira, que trabalham numa herdade junto ao Brejão, e Adriana Novo, com um restaurante em São Teotónio, concelho de Odemira, têm um […]

Nacional

Governo dos Açores atribui apoio regional ao abate de ovinos e caprinos nos matadouros

O secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou que o Governo dos Açores atribui um apoio aos ovinos e caprinos abatidos na rede regional de […]