Covid-19 deixa mais de 129 mil empresas em risco de incumprimento

Covid-19 deixa mais de 129 mil empresas em risco de incumprimento

As contas são da Iberinform, segundo a qual os negócios ligados ao turismo são os mais afetados, enquanto setores ligados à alimentação, saúde e higiene se mantiveram mais estáveis.

A economia portuguesa sofreu uma recessão que alterou a avaliação de mais de 129 mil negócios, diz a Iberinform. “Pelo menos 25% do tecido empresarial apresenta risco elevado de incumprimento e 44% risco médio”, indica nesta sexta-feira a empresa especialista em gestão de risco.

O crédito também é um problema, uma vez que menos de um terço (31%) enfrenta a atual crise com garantias e mantém valores que permitem considerar que têm um risco de crédito baixo.

A avaliação da Iberinform tem em conta as novas políticas de financiamento, as condições de pagamento e as vendas ou compras em todos os agentes da cadeia de valor.

No estudo publicado nesta sexta-feira, a empresa conclui que os negócios mais afetados pela atual crise pandémica estão nas áreas do turismo (restauração e alojamento), serviços de lazer, comércio extra alimentação, imobiliário e construção.

Ao todo, 65% das empresas registam alteração do nível de risco.

Menos afetados surgem os setores ligados à alimentação (agricultura, indústria alimentar, comércio alimentar) e saúde e higiene: 80% mantêm o nível de risco e para 43% este risco é considerado baixo.

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior Incêndios: Empresas florestais criticam “falta de diálogo” na aprovação de legislação
Próximo Empresas florestais temem “grandes catástrofes” após menor procura na limpeza de terrenos florestais

Artigos relacionados

Sugeridas

Anuário Agrícola de Alqueva de 2018 já está online

O Anuário Agrícola de Alqueva, referente ao ano de 2018, já está online, no site oficial da EDIA. […]

Sugeridas

Live-stream – A Agricultura para lá da COVID-19: Uma nova globalização?

Esta é mais uma iniciativa da AJAP – Associação dos Jovens Agricultores de Portugal, em parceria com o Grupo Crédito Agrícola, que integra o Ciclo de […]

Últimas

Governo prorroga período crítico de incêndios até 10 de outubro

[Fonte: MAFDR] O Governo decidiu prorrogar o período crítico de incêndios até ao próximo dia 10 de outubro, […]