Cotações – Suínos – Informação Semanal – 6 a 12 Julho 2020

Cotações – Suínos – Informação Semanal – 6 a 12 Julho 2020

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Após seis semanas consecutivas de subida, as cotações médias nacionais do porco classe E e do porco classe S mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior. Também os leitões, de <12 kg e de 19-25 kg, se pautaram pela estabilidade.

No Entre Douro e Minho a oferta e a procura de suínos para abate foram médias. As cotações dos porcos classe E e classe S não registaram quaisquer alterações.

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta e a procura de suínos para abate foram médias, tendo a procura e o consumo melhorado nas últimas semanas. No que se refere ao leitão, a oferta foi normal para a época e a procura foi fraca a normal, mas continua a melhorar lentamente face à reabertura condicionada da restauração, que ocorreu a 18 de Maio.

Estabilidade de cotações dos porcos classe E e classe S e aumento da cot. mín. dos leitões de <12 kg, +25 cêntimos / kg.

Na Beira Interior a oferta e a procura de suínos para abate foram médias, tendo a procura aumentado ligeiramente nas últimas semanas. Manutenção de cotações dos porcos classe E e classe S.

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste a oferta e a procura de suínos para abate foram médias; a procura aumentou nas últimas semanas. A oferta de leitão foi normal para a época e a procura foi fraca a normal, tendo vindo a melhorar progressivamente face à reabertura da restauração. As cotações dos porcos classe E e classe S e dos leitões de <12 kg mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Alentejo

No Alentejo a oferta e a procura de suínos para abate foram médias, tendo a procura melhorado um pouco nas últimas semanas. As transacções dos leitões ainda não são muito significativas. Pequeno acréscimo de cotações dos porcos classe E e classe S (+1 cêntimo / kg) e completa estabilidade dos leitões, de <12 kg e de 19-25 kg.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Comente este artigo
Anterior DGAV publica manual de rotulagem de biocidas destinados à protecção da madeira
Próximo Comunicado DGADR: "Emparcelar para Ordenar"

Artigos relacionados

Últimas

Será que a modernização das explorações e a melhoria dos rendimentos dos agricultores nos últimos 15 anos levou ao crescimento do setor? – Francisco Avillez

1.  Introdução
São inegáveis as melhorias apresentadas pela agricultura portuguesa nestes últimos anos, as quais consistiram na introdução de novas culturas, […]

Nacional

DIVA tem candidaturas abertas para apoio à tecnologia digital no agroalimentar, florestal e ambiental

O projecto europeu DIVA, coordenado em Portugal pelo INESC TEC e a Inovisa, tem abertas as candidaturas à 2.ª Call. Este projecto tem como objectivo apoiar o aparecimento e o desenvolvimento de novas cadeias de valor da tecnologia digital com aplicações nos sectores agroalimentar, […]