Cotações – Flores e Folhagens – Informação Semanal – 30 Setembro a 6 Outubro 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Conjuntura semanal

Alstroeméria – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, a cotação mínima e a mais frequente valorizaram devido ao decréscimo da oferta. A oferta foi suficiente para a procura média e o escoamento efectuou-se sem dificuldades. Boa qualidade comercial.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta e a procura foram baixas, normal para a época. Cotações estáveis.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta e a procura mantiveram-se altas. Cotações estáveis.

Arália – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi alta e a procura ligeiramente inferior. Escoamento normal. Descida da cotação mínima e da mais frequente.

Celosia – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península Setúbal, a oferta e a procura estiveram altas. As cotações não se alteraram.

Cravo

Cravo/Cravina – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. Oferta e procura médias. O escoamento efectuou-se sem dificuldades. Boa qualidade comercial. Concorrência de produto espanhol.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta de cravo e cravina foi escassa e a procura média, normal para a época. Cotações estabilizadas.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península Setúbal, a oferta equilibrou a procura média. Subida da cotação máxima do cravo “Tipo Spray”. Escoamento normal para a época.

Crisântemo – Na Região Centro, na área de mercado, Beira Litoral, a oferta de “Crisântemo Spray/margarida” foi média e a procura também. Subida ligeira da cotação máxima.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta equilibrou a procura média. Escoamento normal. Descida da cotação mínima.

Espargo

Espargo – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. A oferta foi suficiente para a procura. Boa qualidade e escoamento sem dificuldades.

Estrelícia – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta e a procura apresentaram-se equilibradas e médias. Cotações sem alterações.

Eucaliptus – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi alta e a procura média. Cotações estabilizadas. Escoamento normal.

Feto – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta continuou alta e a procura também. Cotações estáveis.

Gerbera – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. A oferta esteve equilibrada com a procura média. Boa qualidade comercial e escoamento sem dificuldades.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi média e a procura também. Produto com qualidade. Subida das cotações da Gerbera , categoria I e da cotação mais frequente da gerbera, categoria II.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi suficiente para a procura média. Escoamento normal para a época. Subida da cotação mínima e máxima da gerbera “Grande” e da máxima da gerbera “Mini”.

Gipsofila – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi média e a procura média/alta. As cotações não se alteraram.

Girassol Flor – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta ainda foi baixa e a procura ligeiramente superior. Boa qualidade e escoamento normal. Subida da cotação mais frequente.

Gladíolo – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. Oferta e procura médias. Produto de boa qualidade e escoamento sem dificuldades.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta e a procura foram fracas. Cotações estáveis. Culturas feitas para os dias festivos.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi alta e a procura ligeiramente inferior. Cotações estáveis.

Hortênsia – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi média/alta e a procura média. Cotações estáveis.

Lilium – Na região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações do lilium “Imperial” mantiveram-se estáveis. A oferta foi suficiente para a procura média, normal para a época. Escoamento regular.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi média, assim como a procura. Produto de qualidade. Subida da cotação máxima do lilium “Grande” e da cotação mínima e da mais frequente do lilium “Médio”. Culturas feitas para os períodos festivos.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, as cotações valorizaram. A oferta foi média e a procura ligeiramente inferior.

Limonium – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi média e a procura também. Descida da cotação máxima e da mais frequente.

Lisyanthus – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta continuou equilibrada com a procura média. Cotações sem alterações.

Rosa

Rosa – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura média. Escoamento regular. Concorrência de produto importado do Equador e Holanda.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi baixa e a procura média. As cotações não se alteraram. Presença de rosas importadas do Equador, Holanda e Brasil.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi alta e a procura média. Cotações sem alterações.

Ruscus – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, as cotações mantiveram-se estáveis. Oferta média assim como a procura. Escoamento normal.

Statice – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta diminuiu para fraca e a procura esteve ligeiramente fraca. Escoamento normal para a época. Cotações sem alterações.

Conjuntura semanal – Mercados abastecedores

MARL

Nesta semana observou-se uma disponibilidade suficiente para a maioria das espécies em comercialização. A procura esteve média e incidiu principalmente no antúrio, crisântemo, cravo/cravina, gerbera, gipsofila, gladíolo, lilium, lisyanthus e rosas. Subida das cotações do antirrhinum e gipsofila. A oferta das folhagens, como a cameleira, espargo, eucalyptus, fetos, leucadendron, leucospermum, ruscus e treefern, foi suficiente e as cotações mantiveram-se estabilizadas.

Quanto aos produtos vindos do exterior, a procura foi direccionada para o crisântemo, fetos, gipsofila e solidago de Espanha, além do crisântemo, orquídea e rosa da Holanda e também rosa do Equador. Subida das cotações da gipsofila de Espanha.

Mercoflores

O Mercoflores manteve-se bem abastecido das diversas flores de corte, com uma oferta suficiente para a maioria das espécies cotadas. A procura esteve média, com maior destaque para o cravo/cravina, crisântemo, gerbera, gladíolo e rosas. Subida das cotações para a alstroeméria, gipsofila, irís e lisyanthus, descida para o antúrio e estabilidade para as restantes.

Quanto às folhagens, como o espargo, eucalyptus cinera, diversos fetos, leucadendron, leucospermum, ruscus e treefern, a oferta foi suficiente, com manutenção das cotações. Manteve-se presença de produto importado, como o cravo, crisântemo, fetos e gipsofila de Espanha, além de crisântemo, orquídea, rosa e tulipa da Holanda e ainda rosa do Equador. Cotações estabilizadas.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Anterior Açores mantém nível de investimento público nas infra-estruturas agrícolas em 2020
Próximo Floresta. Está em curso um inquérito de reconhecimento FSC. Já respondeu?

Artigos relacionados

Últimas

XII Jornadas Agrícolas da Praia da Vitória decorrem no fim de semana

A Praia da Vitória, na ilha Terceira, recebe no próximo fim-de-semana, as XII Jornadas Agrícolas, que irão decorrer na Sociedade Filarmónica Espírito Santo da Agualva, […]

Sugeridas

Tejo. Ministro do Ambiente afasta cenário de aumento da quantidade de água que vem de Espanha

O ministro do Ambiente reafirmou hoje a necessidade de “aprofundar a Convenção de Albufeira”, para haver uma maior regularidade nos caudais do rio Tejo, […]

Últimas

Europa tem 300.000 empresas no setor agroalimentar

Existem cerca de 300.000 empresas na União Europeia a produzir alimentos e bebidas que empregam 4.7 milhões de pessoas. Os números são da última edição das Estatísticas da Agricultura, […]