Cotações – Azeite e Azeitona – Informação Semanal – 13 a 19 Novembro 2017

Cotações – Azeite e Azeitona – Informação Semanal – 13 a 19 Novembro 2017

[Fonte: Agricultura e Mar]

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Azeitona de mesa

Foi dada por iniciada a campanha de comercialização de azeitona de mesa na área de mercado de Freixo-de-Espada à Cinta e prosseguiram as campanhas nas áreas de mercado de Elvas e Castelo Branco.

A azeitona de sequeiro apresentava-se com pouca qualidade e calibre, devido às condições meteorológicas registadas ao longo do último semestre (seca e altas temperaturas). Por isso, muita azeitona que inicialmente se destinaria à indústria conserveira foi desviada para a produção de azeite.

Globalmente, a procura excedia a oferta e não havia dificuldades no escoamento da azeitona com calibre e qualidade.

As cotações variaram entre o mínimo de 0,40€/kg (azeitona não diferenciada) e o máximo de 0,80€/kg (azeitonas galega e negrinha).

Portugal é exportador líquido de azeitonas de conserva. Em 2016, o saldo comercial português neste produto atingiu o valor de 22,8 milhões de euros, o que representou um aumento de 42%, relativamente a 2015.

Azeitona para azeite

Na semana em análise, foram registadas cotações de azeitona para azeite nas áreas de mercado Alentejo Sul, Alentejo Central, Alentejo Norte e Beira Interior.

Devido às condições meteorológicas registadas ao longo do último semestre (seca e altas temperaturas), a azeitona dos olivais de sequeiro que não caiu encontrava-se mirrada. A azeitona dos olivais de regadio era de boa qualidade.

Como não houve problemas fitossanitários os frutos estavam sãos. A procura excedia a oferta e não havia dificuldades no escoamento. Alguns lagares espanhóis de Castela-a-Mancha estavam a comprar azeitona em Portugal.

As cotações variaram entre o mínimo de 0,35€/kg e o máximo de 0,55€/kg.

Azeite

Na UE, os stocks finais de azeite da campanha 2016-2017 deverão ser inferiores em 40% aos da campanha anterior. Na nova campanha 2017-2018, o volume de produção de azeite na UE poderá ser superior ao da campanha anterior, que foi muito fraca, mas deverá ficar abaixo do volume médio das últimas 5 campanhas.

Os preços no produtor deverão baixar, permanecendo, contudo, acima dos preços médios das últimas 5 campanhas. O consumo interno e as exportações não deverão registar variações significativas em volume, em relação à campanha anterior.

Em Espanha, o maior mercado mundial de azeite, os preços no produtor voltaram a descer na semana 46, face à maior oferta de azeite tunisino e à entrada no mercado dos novos azeites virgem extra portugueses.

Segundo a revista espanhola Olimerca, operadores italianos estavam a comprar azeite virgem extra em Portugal ao preço de 3,50€/kg.

No nosso País, prosseguiu a campanha de comercialização de azeite 2017-2018. Não foram acompanhadas transacções a granel, apenas transacções em garrafão de 5 litros.

As cotações do azeite virgem extra engarrafonado variaram entre o mínimo de 4,23€/litro e o máximo de 4,80€/litro.

As cotações do azeite virgem engarrafonado variaram entre o mínimo de 4,00€/litro e 4,70€/litro.

Comércio internacional

A procura mundial de azeite continua a aumentar, impulsionada, principalmente, pela procura nos EUA, China, Brasil e Japão, que no seu conjunto absorveram 63% das exportações da UE, nos primeiros 10 meses da campanha 2016-2017 (EUA 40%). Entre 2003 e 2016, a China quase quadruplicou as suas importações de azeite da UE, sendo actualmente o quarto destino, depois dos EUA, Japão e Brasil.

As exportações de azeite da UE para o Brasil, o principal destino do azeite português exportado, recuperaram ligeiramente na campanha 2016-2017, após 3 anos de declínio resultante da crise económica. Apesar da fraca produção europeia na campanha 2016-2017, as exportações de azeite pela UE nos primeiros 10 meses da campanha aumentaram 1%, relativamente ao período homólogo anterior.

Em Portugal, face à quebra de produção na campanha 2016-2017 (-36%), relativamente à campanha anterior, as exportações de azeite diminuíram 11% em volume.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo
Anterior Notícias sugeridas do Agroportal todos os dias
Próximo "Pena de prisão para duas pessoas por tráfico de 14 quilos de haxixe" é a manchete do Açoriano Oriental

Artigos relacionados

Últimas

El Parlamento Europeo, en contra de destinar fondos de la PAC para los toros de lidia


El Parlamento Europeo ha votado en contra de destinar fondos de la Política Agrícola Común (PAC) a la cría de ganado de lidia. […]

Últimas

New meta-analysis finds Bt crops have no impact on soil biota

A new meta-analysis finds that genetically modified Bt crops — in stark contrast to some pesticides — have no impact on soil invertebrates. […]

Dossiers

Semana com chuva no norte e centro.

Esta semana teremos alguma chuva no norte e centro.
Esta precipitação deverá ocorrer sob forma de aguaceiros e trovoadas, concentrando-se em especial durante o período da tarde. […]