Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 17 a 23 Agosto 2020

Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 17 a 23 Agosto 2020

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Aves

Na semana em análise a cotação média nacional do frango abatido (65% – de 1100 a 1300 g) sofreu um ligeiro decréscimo em relação à semana anterior (-7 cêntimos / kg); estabilidade do frango vivo (de 1,8 kg) e do peru, vivo (de 14 a 15 kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 kg).

Na região da Beira Litoral, na área de mercado da Beira Litoral, a oferta de frango foi abundante e a procura relativamente animada, tendo a procura e o consumo de frango registado esta semana uma ligeira redução, o que é normal para a segunda quinzena de Agosto e para além disso as condições atmosféricas não foram propícias para os churrascos.

De referir que a oferta de frango das classes de peso superiores é um pouco excedentária, o que acarretou uma redução das cotações do frango das classes de 1100-1300 g (-5 cêntimos / kg) e de >1300 g (-10 cêntimos / kg). A procura de frango do campo diminuiu nas últimas semanas, o que é normal nesta época do ano, tendo-se registado uma descida da cot. máx. (-6 cêntimos / kg). Estabilidade do peru abatido e do peito e perna de peru. As galinhas vivas, pesadas e semi-pesadas, não registaram quaisquer alterações.

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta e a procura de frango foram médias, tendo a procura registado esta semana uma ligeira diminuição. Descida de cotações do frango abatido das classes de peso de 900-1100 g, 1100-1300 g e >1300 g (-10 cêntimos / kg). Estabilidade do frango vivo, do peru, vivo e abatido e da perna e peito de peru e ainda das galinhas vivas, pesadas e semi-pesadas.

Nota: 1) A partir da 1.ª semana de 2020 as 2 Áreas de Mercado da Região da Beira Litoral – Dão-Lafões e Litoral Centro fundiram-se, dando origem à Área de Mercado da Beira Litoral. O mesmo aconteceu para as Áreas de Mercado de Dão-Lafões Gr. e Litoral Centro Gr., de cuja fusão resultou a Área de Mercado da Beira Litoral Gr. 2) Iniciou-se na semana 27 a recolha de cotações da perna e peito de peru nas duas regiões.

Ovos

Na semana em análise as cotações médias nacionais dos ovos, na produção (ovo a peso de 60 a 68 g) e classificados e embalados em ovotermo das classes de peso M e L, mantiveram-se estáveis, há 11 semanas consecutivas no caso do ovo a peso e há 5 semanas no caso dos ovos classificados.

Na região da Beira Litoral a oferta de ovo foi relativamente abundante na área de mercado do Litoral Centro e abundante em Dão-Lafões; a procura manteve-se animada nas duas áreas. A procura registou uma ligeira melhoria nas últimas semanas, com a presença na região de emigrantes e turistas, principalmente em Dão-Lafões, sendo contudo, inferior ao normal nesta altura do ano.

A relação oferta-procura apresenta-se equilibrada, pois os produtores têm adequado a produção às necessidades da procura. As cotações dos ovos, a peso e classificados, em cartão e ovotermo, não apresentaram quaisquer alterações em relação à semana passada, nas duas áreas.

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta e a procura de ovo foram médias e equilibradas. De referir alguma escassez de ovo classificado da classe de peso S, que não se deve ao aumento da procura mas sim ao facto de não haver bandos novos. Completa estabilidade de cotações dos ovos, quer do ovo a peso, quer dos ovos classificados, em cartão e ovotermo, de todas as classes de peso.

Todas as cotações aqui.

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 10 a 16 Agosto 2020
Próximo EFSA launches ‘Stop African swine fever’ campaign in south-east Europe

Artigos relacionados

Nacional

Vacas para produção de carne são as que mais produzem metano em Portugal

Cerca de 43% do metano emitido em Portugal vem da agropecuária e são as vacas para consumo de carne que mais emitem. […]

Sugeridas

Aljustrel tem a maior plantação de canábis medicinal da Europa

A maior plantação de canábis para fins medicinais da Europa está no concelho alentejano de Aljustrel (Beja), numa área atual de nove hectares que vai crescer para 40, em 2021, revelou hoje a […]

Sugeridas

Incêndios: Governo prevê “arrendamento forçado das terras” caso proprietários não colaborem

Os incêndios que ultrapassem a dimensão de 500 hectares vão resultar num plano de recuperação das áreas ardidas, prevendo-se que o Estado proceda […]