Conferência Internacional “Valorização de subprodutos agrícolas, agroalimentares e florestais” – 28 de novembro – Castelo Branco

Conferência Internacional “Valorização de subprodutos agrícolas, agroalimentares e florestais” – 28 de novembro – Castelo Branco

[Fonte: IPCB] A Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco coorganiza, com o Centro Nacional de Competências dos Frutos Secos e no âmbito do projeto Valor+, a Conferência Internacional “Valorização de subprodutos agrícolas, agroalimentares e florestais”, a 28 de novembro nas instalações da ESACB-IPCB.

A Conferência Internacional terá início às 14h00 com a sessão de abertura na qual estará presente o diretor da ESACB-IPCB, João Pedro Várzea Rodrigues e o Presidente do Centro Nacional de Competências dos Frutos Secos (CNCFS), Carlos Silva.
Seguem-se mais 3 painéis “Experiencias en Economía Circular del Grupo Cooperativo Unió” por Francisco Rovira Gras da Unió Corporacío Alimentària (UNIO COOP); “Subprodutos dos frutos secos e possível valorização económica” proferida por M. Ângelo Rodrigues, João C. M. Barreira, Isabel C. F. R. Ferreira e Albino Bento do Instituto Politécnico de Bragança e “Subprodutos do olival” por Francisco Pavão da APPITAD (Associação dos Produtores em Protecção Integrada de Trás-os-Montes e Alto Douro).

Após o coffee break, os participantes terão oportunidade de assistir a mais 3 painéis e a 1 mesa redonda onde estarão presentes algumas das entidades intervenientes na totalidade dos painéis desta Conferência Internacional.

Assim, Mariana Mata do Centro de Competências para o Tomate Indústria (CCTI) apresentará o painel “Estudo e quantificação dos resíduos da rega da cultura do Tomate”, seguida de Fátima Alves das empresas FrutoMaior e TomaTerra que falará sobre “Valorização Tomate Verde: Estudo de fertilização para produzir em solos de baixa aptidão” e finalmente Rosário Alves da Forestis – Associação Florestal de Portugal fechará os painéis do dia com o tema “Floresta: valorização dos subprodutos”.

Trata-se de uma iniciativa vocacionada para estudantes, profissionais da área e interessados nas temáticas da valorização de subprodutos na agricultura.
A entrada é livre e não carece de inscrição prévia.

Comente este artigo
Anterior Preços de produtos agrícolas no produtor sobem em Outubro mas caem 19,4% no azeite a granel
Próximo Desafios da agricultura do futuro - projetos diferenciadores no Alentejo - 30 de novembro - Portel

Artigos relacionados

Atividades do setor

Principais vantagens e desafios do Grupo Nacional Certificação de Matas

A equipe 2BForest apresentou no 8 Congresso Florestal Nacional as principais vantagens e desafios do Grupo Nacional de Certificação de Matas!

Nacional

Agricultores pedem indemnizações por culturas destruídas

Recolha de assinaturas por prejuízos causados por javalis.

O Movimento Caçadores Mais Caça está a promover um abaixo-assinado para que os agricultores sejam ressarcidos dos prejuízos na agricultura, […]

Nacional

Governo dos Açores mantém controlo aos voos com origem em países terceiros para evitar riscos fitossanitários

A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, através da Direção Regional da Agricultura, mantém o controlo aos voos com origem em países terceiros que chegam aos Açores, […]