Comissários da Roménia e Hungria rejeitados pelo Parlamento Europeu

Os comissários da Roménia e da Hungria foram rejeitados ao abrigo do Código de Conduta. A aprovação da Comissão Europeia está suspensa e aguarda decisão de Ursula Von der Leyen. Estavam indigitados para a pasta dos Transportes e para a pasta da Vizinhança e Alargamento, respectivamente.

A Comissão dos Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu vetou os nomes de Rovana Plumb e Laszlo Trocsany, indicados para o Colégio de Comissários pela presidente da Comissão Europeia, em representação da Roménia e da Hungria, respectivamente.

Conflitos de interesses

Ao abrigo das novas regras do regimento do Parlamento Europeu, em vigor desde 2018, depois de conhecidos os nomes dos 26 comissários indigitados, o Parlamento Europeu avalia os “conflitos de interesses potenciais ou reais dos comissários indigitados” antes da audição pública com inicio previsto para 30 de Setembro.

A rejeição dos candidatos da Roménia e Hungria foi justificada pela comissão do Parlamento Europeu com falta de condições para exercerem funções nos termos dos Tratados e do Código de Conduta.

A decisão será remetida por carta à presidente da Comissão Europeia ficando a aguardar-se a sua decisão, a qual será também enviada por escrito ao presidente do Parlamento, David Sassoli.

A rejeição de comissários nesta fase é inédita e o regimento é omisso quanto às consequências deste veto.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Cooperativa Moura Barrancos renova imagem por ocasião do seu 65º aniversário
Próximo Furacão Lorenzo – Açores – 4

Artigos relacionados

Nacional

Governo dos Açores destaca investimentos na agricultura no Orçamento para 2021

O secretário da Agricultura e do Desenvolvimento Rural do Governo dos Açores António Ventura […]

Últimas

Cotações – Cereais – Informação Semanal – 9 a 15 Dezembro 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas
Milho Grão
Na presente campanha (2019-2020), em Portugal continental, registou-se uma estabilização da área semeada com milho, […]

Dossiers

Acordo de Glasgow “ficou aquém”, mas há avanços importantes

Países como a China e a Índia, dois dos maiores produtores de carbono do mundo, faltaram à chamada na conferência do clima, que, apesar dos percalços, […]