Casas isoladas no meio da floresta proibidas

Casas isoladas no meio da floresta proibidas

Cerca de 70 milhões serão investidos no cadastro de todos os terrenos privados do País.

A edificação no meio da floresta e de forma isolada, assim como o uso de materiais de construção inflamáveis, vai passar a ser proibida, avançou ontem ao CM Tiago Oliveira, presidente da Agência para a Gestão Integrada dos Fogos Rurais (AGIF).

Esta medida faz parte de um conjunto de alterações ao decreto-lei nº 124 de 2006, o mesmo que obriga os proprietários a limpar, até 15 de março de cada ano, uma faixa de 50 metros de mato à volta das suas casas sob pena de incorrerem em coimas entre os 280 e os 120 mil euros.

A revisão do diploma está nas mãos do engenheiro florestal, mas só será apresentado ao Governo depois de aprovado o Plano Nacional de Gestão de Fogos Rurais, que está em consulta pública até à próxima quarta-feira.

Este plano prevê gastar mais de seis mil milhões de euros até 2023, cerca de 554 milhões por ano, 60% dos quais dedicado à prevenção dos incêndios e 40% ao combate. Cerca de 70 milhões serão investidos no cadastro de todos os terrenos privados do País.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Correio da Manhã.

Anterior Opiniones divididas en el mercado de las canales de vacuno
Próximo Tecnologias de conservação pós-colheita aplicadas à castanha

Artigos relacionados

Nacional

Diretor Regional apresenta realidade agrícola dos Açores nos EUA

“Esta é uma deslocação que tem uma dupla vertente, pois, por um lado, servirá para observar e aprender com aquilo que de melhor se está […]

Notícias emprego

Agricultura perde empregos, mas ganha qualificação

[Fonte: Expresso]
02.12.2018 às 11h00
Tecnologia. Nos últimos sete anos a automação eliminou 182 mil empregos na agricultura. […]

Últimas

Centro de Reprodução do Lince Ibérico já permitiu 122 nascimentos em 10 anos

O Centro Nacional de Reprodução de Lince Ibérico (CNRLI) assinala este sábado o 10.º aniversário da chegada do primeiro exemplar às suas instalações, […]