Bombeiros na frente de combate a incêndios florestais vão receber 2,375 euros por hora

Bombeiros na frente de combate a incêndios florestais vão receber 2,375 euros por hora

Valores monetários para a alimentação também foram aumentados.

Os mais de 12 mil bombeiros que integram o dispositivo de combate a incêndios florestais vão receber este ano 57 euros por dia – um aumento de 3 euros face ao 2020. Na prática são 2,375 euros por hora. O montante foi divulgado na diretiva financeira da Autoridade de Nacional de Emergência e

Continue a ler este artigo no Correio da Manhã.

Comente este artigo
Anterior Predominio de la estabilidad en el mercado del aceite
Próximo Faça Chuva Faça Sol - T.4 Ep.10

Artigos relacionados

Últimas

Gazeta Rural – N.º 340 – 31 de Maio de 2019

Gazeta Rural nº 340
→ Veja aqui ←

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural. […]

Últimas

João Ferreira faz rescaldo dos fogos do verão passado

“Bolas, que susto!”, diz a senhora, que veio espreitar à porta da sua loja para ver o bombo passar. Deparou-se com a comitiva da CDU e com João Ferreira cara-a-cara e confessou – […]

Ofertas

Oferta de emprego – Secretário Executivo – Agrónomo – Torres Vedras

O SFCOLAB – Associação SFCOLAB Laboratório Colaborativo para a Inovação Digital na Agricultura, por decisão da Direção, abre concurso […]