Bombeiros na frente de combate a incêndios florestais vão receber 2,375 euros por hora

Bombeiros na frente de combate a incêndios florestais vão receber 2,375 euros por hora

Valores monetários para a alimentação também foram aumentados.

Os mais de 12 mil bombeiros que integram o dispositivo de combate a incêndios florestais vão receber este ano 57 euros por dia – um aumento de 3 euros face ao 2020. Na prática são 2,375 euros por hora. O montante foi divulgado na diretiva financeira da Autoridade de Nacional de Emergência e

Continue a ler este artigo no Correio da Manhã.

Comente este artigo
Anterior Predominio de la estabilidad en el mercado del aceite
Próximo Faça Chuva Faça Sol - T.5 Ep.10

Artigos relacionados

Sugeridas

Eurodeputados do PSD reclamam mais transparência para Plano Estratégico da PAC

Os eurodeputados do PSD questionaram a Comissão acerca dos atrasos na apresentação e discussão do PEPAC português. Os Sociais Democratas […]

Últimas

Agricultores dizem que se não chover vai falta água no Mondego no verão

A Confederação de Agricultores de Portugal (CAP) avisou hoje que, se não chover, vai faltar água no Mondego no verão para a agricultura, […]

Nacional

ELO promove atribuição de Prémio Gestão de Terras e Solos 2020/21

Estão abertas até 30 de dezembro as candidaturas ao Prémio Gestão de Terras e Solos 2020/21, uma iniciativa promovida pela European Landowners’ […]