APEZ e Universidade de Évora realizam Congresso de Zootecnia em Setembro 

A Associação Portuguesa de Engenharia Zootécnica (APEZ) e a Universidade de Évora irão levar a cabo, nos próximos dias 19, 20 e 21 de Setembro, o XXI Congresso Nacional de Zootecnia – ZOOTEC’19.

O congresso tem como tema “Alterações Climáticas e Zootecnia: uma abordagem holística”. Num programa ambicioso, serão abordados os mais recentes desenvolvimentos técnicos e científicos na produção animal, tendo presentes oradores de renome internacional.

O impacto da descarbonização

As alterações climáticas estão no centro das agendas científicas e políticas. As emissões de resultantes da produção animal e as suas consequências, têm sido presença constante nos media, sendo um dos temas a debater no ZOOTEC.

Saiba tudo sobre o Congresso aqui.

A Associação Portuguesa de Engenharia Zootécnica é uma entidade sem fins lucrativos que se dedica à promoção da Zootecnia e da produção animal, à defesa dos interesses dos seus associados e à promoção do desenvolvimento técnico-científico dos zootécnicos portugueses.

O Congresso Nacional de Zootecnia é o ponto de encontro dos técnicos de produção animal, sendo um marco fundamental na promoção da zootecnia, do zootécnico e do seu papel na sociedade.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior As memórias da natureza
Próximo 2BForest organiza o ciclo de palestras na FACECO

Artigos relacionados

Sugeridas

UE/Presidência: CAP quer conclusão da reforma da PAC até ao final do mês

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) defendeu hoje que o acordo sobre a reforma da Política Agrícola Comum (PAC) deverá ser concluído até ao final do mês, mostrando-se […]

Nacional

IFAP: apicultores devem fazer declaração anual de existências até 30 de Setembro

O IFAP — Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas relembra que os apicultores devem proceder à declaração anual de existências de 1 a 30 de Setembro de 2019. […]

Últimas

FLORESTGAL e Centro PINUS unem esforços por uma melhor floresta

A FLORESTGAL, a primeira empresa pública de gestão e desenvolvimento florestal a ser criada em Portugal, possui um total de 86 propriedades, e está presente em 26 concelhos […]