“Antes da pandemia, Portugal era o 9º país a nível mundial que mais vinhos exportava e não queremos perder essa marca”, diz Ministra da Agricultura

“Antes da pandemia, Portugal era o 9º país a nível mundial que mais vinhos exportava e não queremos perder essa marca”, diz Ministra da Agricultura

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, falou à Rádio Campanário, à margem da inauguração do Parque Fluvial dos Cinco Reis, em Beja, sobre os apoios dados ao setor vinícola face aos prejuízos provocados pela pandemia COVID-19.

Maria do Céu Albuquerque referiu que o setor dos vinhos “foi um dos mais afetados” pela pandemia, assim como “todos os setores ligados à agricultura”, que ficaram fragilizados porque “houve um novo padrão de consumo, uma diminuição de procura e a oferta não teve a capacidade de se adaptar, porque estava a produzir para que tudo acontecesse normalmente”.

A Ministra defendeu que esta pandemia “fez-nos preparar respostas” e disse que “ficámos e ficamos sempre dependentes daquilo que é a Política Agrícola Comum”, que foi um dos fatores que “permitiu a agricultura mostrar que é resiliente e a Comissão Europeia veio permitir, através das verbas do Programa Nacional de Vinhos, ter aqui uma capacidade de não só para a destilação e o armazenamento de vinho em situação de crise, como também nos deu a possibilidade, através da incorporação de saldo de gerência, para o Vinho do Porto criar uma reserva qualitativa, assim como ainda tivemos a possibilidade de aumentar o VITIS – o programa para a reconversão e reformulação da vinha, no valor que estava inicialmente previsto de 50 milhões de euros e que passámos para 73.5 milhões”.

Maria do Céu Albuquerque frisou que o setor dos vinhos é ”onde nós queremos continuar a apostar”, salientando que “Portugal, antes da pandemia, era o 9º país a nível mundial que mais vinhos exportava e não queremos perder essa marca, até porque temos objetivos ambiciosos que queremos atingir em breve”.

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Campanário.

Comente este artigo
Anterior El Fega establece el coeficiente definitivo del pago verde en el 52%, ligeramente superior a la anterior campaña de la PAC
Próximo Webinar: Políticas e Negócios dos Vinhos - 29 de julho

Artigos relacionados

Nacional

Brasil desenvolve novas cultivares de alface crespa que suportam mais calor

Investigadores da brasileira Embrapa Hortaliças desenvolveram duas novas variedades de alface crespa de folhas verdes (Lactuca sativa var. […]

Últimas

A Agrovete escolhe, ensaia, multiplica e disponibiliza as melhores variedades aos agricultores

Fernando Carpinteiro Albino tem 75 anos e é agricultor há 40, quando tomou conta da Herdade Torre do Frade (Monforte) depois da Reforma Agrária e que nas suas próprias palavras “fez renascer das cinzas”.Sempre com o cuidado de estar na agricultura de uma forma muito prática e tanto quanto possível, […]

Nacional

Workshop Regional: Hortofrutícola – Grupos Operacionais – 2 de julho – Cartaxo

No dia 2 de julho realiza-se um workshop regional de inovação na agricultura, no Cartaxo, sobre a fileira hortofrutícola.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo. […]