AgroMeetings: Contabilidade e Seguros – 8 de novembro – Amarante

AgroMeetings: Contabilidade e Seguros – 8 de novembro – Amarante

No dia 8 de novembro, o IET (Amarante) volta a receber mais uma edição das AgroMeetings. Um ciclo de conferências organizado pela Espaço Visual, que neste quarto evento se dedica à temática da “Contabilidade e Seguros”.

Depois de três primeiras edições sobre as temáticas do “Turismo Rural”, “Vinha e Vinho” e “Agricultura Sustentável”, o Instituto Empresarial do Tâmega reabre a porta a empresários agrícolas e agricultores. A “Contabilidade e Seguros”, relacionada com a agricultura e o agronegócio, será o principal tema em debate, numa conferência em que também se abordarão tópicos como os das boas práticas de gestão agrícola ou o acesso a financiamento bancário no setor.

Hélder Barbosa, coordenador do Departamento de Gestão e Contabilidade da Espaço Visual, e Luís Teixeira, diretor comercial da F. Rego Seguros, são os primeiros oradores anunciados desta nova conferência. Durante a próxima semana, os restantes conferencistas serão revelados ao público. A inscrição, apesar de gratuita, é obrigatória.

→ Inscrição ←

Data: 8 de novembro de 2019

Local: Amarante

Comente este artigo
Anterior Relatório de vendas de Produtos Fitofarmacêuticos - 2017
Próximo XX Jornadas da Associação Portuguesa de Buiatria - 8 e 9 de novembro - Évora

Artigos relacionados

Últimas

Jovens Agricultores: “Vacas, sim! Alarmes, não!”

O Reitor da Universidade de Coimbra decidiu acabar com a carne de vaca nas ementas das cantinas dos seus estudantes. Os agricultores e produtores agropecuários não poupam o Reitor. […]

Últimas

Arcos de Valdevez recebe I Congresso Internacional para a Revitalização do Mundo Rural

O Município de Arcos de Valdevez recebe, de 10 a 12 de Outubro, na Casa das Artes, o congresso final do RevitAgri-PNPG (Parque Nacional da Peneda-Gerês), […]

Últimas

INE: Subida do preço do milho sustenta manutenção da superfície semeada

O Instituto Nacional de Estatística (INE), nas suas previsões agrícolas, a 31 de Julho, diz que a “subida do preço do milho sustenta manutenção da superfície semeada”. […]