Agrofood Portuguese Cluster: uma novidade e uma incógnita -Editorial Teresa Silveira + Suplemento Agrovida

Agrofood Portuguese Cluster: uma novidade e uma incógnita -Editorial Teresa Silveira + Suplemento Agrovida

Revelamos hoje, aqui, em primeira mão que o pólo de competitividade Portugal Foods, os clusters InovCluster e AgroCluster e a associação Portugal Fresh avançaram com um projeto comum junto do IAPMEI para a constituição de um novo projeto de reorganização associativa das empresas do setor agroindustrial português.

A nova estrutura – Agrofood Portuguese Cluster -, que aguarda a todo o momento o reconhecimento por parte do Governo, envolve toda a cadeia de valor, desde a produção primária à indústria alimentar, assim como as estruturas do sistema científico e tecnológico nacional.

Há neste processo pelo menos uma novidade e uma incógnita.

A novidade prende-se com o envolvimento, pela primeira vez, das empresas do setor primário numa estrutura de eficiência coletiva, o que não tinha sido precavido em 2009 aquando da criação dos primeiros pólos e clusters em Portugal. Isto, muito embora a Portugal Fresh tenha vindo suprir em parte essa lacuna, quando, em 2010, se propôs dinamizar, internacionalizar e conquistar mercados externos para as frutas, legumes e flores de Portugal.

A incógnita está em saber se essa nova EEC denominada Agrofood Portuguese Cluster vai ser um mero somatório de orçamentos, apoios comunitários, recursos humanos, técnicos e das instalações das quatro estruturas agregadas ao novo cluster ou se, pelo contrário, daí sairá uma estrutura robusta, reforçada, capaz de fazer ouvir a sua voz cá fora e de criar muito mais valor, eficiência e capacidade interventiva, nomeadamente até na definição das políticas para o setor.

Aguardamos.

→Descarrregue aqui o suplemento  AGROVIDA- Novembro-2016 do Jornal Vida Económica←

Comente este artigo
Anterior Seminário "Florestas e baldios: perspetivas futuras" - 5 de Novembro - Coimbra
Próximo Porque é preciso alargar Alqueva - José Pedro Salema

Artigos relacionados

Últimas

Concurso Vinhos de Portugal arranca a 6 de Maio em Santarém

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

A edição de 2019 do Concurso Vinhos de Portugal arranca na segunda-feira, 6 de Maio, a partir das 10h, nas instalações do CNEMA, em Santarém. Ao longo de três dias, 1.382 vinhos nacionais vão ser avaliados por 62 jurados nacionais e internacionais. […]

Nacional

Militares da Marinha travam progressão de fogos


Marinha apoia combate aos fogos

Militares da Marinha foram acionados pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) para colaborarem no combate aos fogos florestais que têm fustigado a região. Terminaram ontem missões de 48 horas nos distritos de Coimbra, Leiria e Viseu.“Fazemos o trabalho pós-incêndio, […]

Últimas

Jovens voluntários ajudam na vigilância florestal em Mangualde

[Fonte: Gazeta Rural]

No início do mês foram oficialmente implementados os Programas do
Posto de Vigia na Torre da Igreja da Nossa Senhora do Castelo (Câmara Municipal de Mangualde) e
Vigilância Móvel (União das Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta)
– […]