Abrigo de morcegos de Alqueva é um dos mais importantes da Europa

Abrigo de morcegos de Alqueva é um dos mais importantes da Europa

Monitorização dos morcegos do abrigo artificial de Alqueva revelou uma ocupação de cerca de 6 000 indivíduos de quatro espécies diferentes, todas elas com estatuto de conservação preocupante.

Estes números ultrapassam todas as expectativas e vem reforçar a relevância daquele abrigo, não só como “Abrigo de Importância Nacional”, mas, também, como um dos abrigos artificiais com maior sucesso em toda a Europa.

Os números, agora registados, aumentam para o dobro do número observado na mesma época em 2017, ano em que já se tinha registado um aumento bastante significativo.

A monitorização, efetuada pelo ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas no âmbito do Plano Nacional de Morcegos, conta com o apoio da EDIA nos abrigos na área do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva. Os trabalhos realizados este mês de maio revelaram, no Abrigo de Alqueva, os seguintes números: 4840 Miniopteros schreibersii (estatuto vulnerável) 886 Myotis myotis (estatuto vulnerável), 200 Rhinolophus mehelyi (estatuto criticamente em perigo) e 1 Rhinolophus ferrumequinum (estatuto vulnerável).

O Abrigo de Alqueva foi construído em 1995, como medida de minimização de impactes pela construção da barragem de Alqueva.

Na altura foi detetada uma colónia com poucas centenas de cinco espécies de morcegos, em zona de obra, tendo sido necessário criar uma alternativa. Assim, foi construído o atual abrigo que hoje se revela um verdadeiro sucesso.

regadio

Comente este artigo
Anterior El futuro de la PAC: campesinxs defienden su visión desde el Parlamento Europeo
Próximo Casa do Arroz na Agroglobal

Artigos relacionados

Comunicados

Áreas classificadas como pastagem permanente – pedido e/ou comunicação de alteração de uso

[Fonte: IFAP]
A classificação de uma área como pastagem permanente decorre dos dados declarativos do Pedido Único e é assumida sempre que uma parcela seja declarada por um agricultor candidato ao Regime de Pagamento Base e essa área não se encontre em modo de produção biológico. […]

Últimas

IVV: Novas Autorizações de Plantação – Nota n.º 02/202

A publicação do Despacho n.º 2300-D/2021, de 1 de março, define as regras para a distribuição de área de 1924 ha, de […]

Sugeridas

Federação dos Agricultores alentejanos reclama medidas de combate à seca

As situações de seca extrema no Alentejo infelizmente são recorrentes, e este ano não é excepção. A Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo – FAABA vem mais uma vez solicitar medidas de apoio de modo a mitigar os prejuízos causados. […]