A Corteva Agriscience assina um contrato com a Gaïago para  o desenvolvimento e distribuição global de soluções biofungicidas

A Corteva Agriscience assina um contrato com a Gaïago para o desenvolvimento e distribuição global de soluções biofungicidas

Corteva Agriscience, empresa de referência do setor agrícola em tecnologia aplicada a sementes, proteção de culturas e agricultura digital, anunciou hoje um acordo com a empresa de biotecnologia Gaïago para validar, desenvolver e comercializar biofungicidas para agricultores em todo o mundo.

Através deste contrato, a Corteva Agriscience recebe uma licença global exclusiva de experimentação e direitos comerciais opcionais associados para uma nova tecnologia biofungicida que pode ajudar a proteger videiras, batatas, legumes e fruteiras contra patogenes como o míldio, o oídio e a podridão cinzenta.

“Este acordo reforça o nosso compromisso de oferecer aos agricultores produtos biológicos para proteção das culturas, incluindo as soluções biofungicidas já testadas que cumprem com os elevados padrões da Corteva Agriscience em termos de Investigação e Desenvolvimento”, referiu Rajan Gajaria, Vice-presidente Executivo da Plataforma de Negócios da Corteva Agriscience. “O nosso acordo com a Gaïago é mais um passo na demonstração dos nossos esforços para construir o nosso portfólio biológico, colaborando com especialistas, líderes nas suas áreas.”

“Alcançar a sustentabilidade na produção agrícola, bem como um sistema alimentar resiliente, requer uma forte colaboração a todos os níveis”, referiu Jean-Pierre Princen, Presidente da Gaïago. “Este contrato com a Corteva irá acelerar a introdução global de uma das nossas tecnologias de bio controlo natural. Este novo biofungicida deverá ser determinante, tanto para implementar estratégias integradas de gestão de pragas, como para satisfazer as expetativas dos consumidores, ao mesmo tempo que ajuda a preservar elevadas produções nas culturas e a aumentar os rendimentos dos agricultores. Esta colaboração global com a Corteva, juntamente com o lançamento dos nossos programas de formação conjunta com instituições científicas na Europa, irá impulsionar planos de regeneração de agros sistemas em grande escala pela Gaïago, ao mesmo tempo que recupera os solos e as funções das plantas.”

O modelo da Corteva para o desenvolvimento do seu portfólio de produtos biológicos de nível superior combina inovação externa, colaboração de investigação e desenvolvimento, licenciamento e distribuição. Este contrato demonstra como a Corteva está a olhar para colaborações que ofereçam um amplo leque de tecnologias externas, incluindo empresas bem estabelecidas no ramo dos produtos biológicos, para expandir o acesso a um conjunto completo de soluções sustentáveis alinhadas com as Metas de Sustentabilidade Corteva Agriscience para 2030.

Os termos do acordo não foram divulgados.

Lisboa, 15 de setembro de 2021


 Sobre a Corteva Agriscience

A Corteva Agriscience é uma sociedade global, com capital aberto, que opera exclusivamente no setor agrícola e que oferece o portfólio mais completo da indústria aos produtores agrícolas de todo o mundo – incluindo uma mistura equilibrada e diversificada de sementes, produtos para a proteção de culturas e soluções digitais centradas em maximizar a produtividade e os lucros. Com algumas das marcas mais reconhecidas na agricultura, um canal de tecnologia e produtos líder da indústria bem posicionados para impulsionar o crescimento, a empresa está comprometida em colaborar com os acionistas ao longo da cadeia agroalimentar, à medida que cumpre a sua promessa de melhorar as vidas daqueles que produzem e daqueles que consomem, com a garantia de um progresso para as gerações futuras. A Corteva Agriscience tornou-se uma sociedade anónima independente no dia 1 de junho de 2019, sendo que anteriormente era a Divisão de Agricultura da DowDuPont. Pode encontrar mais informações em www.corteva.pt

Sobre a Gaïago

A Gaïago é uma empresa que oferece soluções de acordo com a Visão «A Humanidade desenvolve-se quando o solo se desenvolve». Introduzindo tecnologias inovadoras com base na ativação seletiva de microbiologia através de fórmulas exclusivas, a estratégia da empresa está focada na revitalização dos solos, nas sementes e na saúde das plantas. Esta abordagem holística está a gerar benefícios agronómicos e económicos significativos, intensificados com a fixação do carbono no solo e a eficiência da utilização de fertilizantes. Mais informações em www.gaiago.eu.

Comente este artigo
Anterior Setor da pecuária repudia restrições nas ementas das escolas
Próximo O (longo) caminho para nos aproximarmos da Dieta Planetária

Artigos relacionados

Dossiers

Oferta de emprego – Técnico de Segurança Alimentar – Engenheiro Zootécnico – Funchal

Integrada no Grupo ALS GLOBAL, líder global no fornecimento de serviços técnicos e de análises laboratoriais a ALS Life Sciences […]

Comunicados

Cães assilvestrados atacam rebanhos, e vespas atacam colmeias na zona da cordinha, concelho de Oliveira do Hospital.

Exmº Senhora Directora Regional de Agricultura da DRAPC
Exmº Senhor Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital
Exmº Senhor Comandante da GNR – […]

Últimas

Medicamento veterinário Clamoxyl para ruminantes e suínos tem novo intervalo de segurança

A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que foram alterados os intervalos de segurança do medicamento veterinário “Clamoxyl LA 150 mg/ ml suspensão injectável para bovinos, […]