5.ª edição das 24H Agricultura Syngenta: adiada para abril de 2021 – Santarém

5.ª edição das 24H Agricultura Syngenta: adiada para abril de 2021 – Santarém

No contexto da atual situação da pandemia da Covid-19, que não dá sinais de abrandamento na região de Lisboa e Vale do Tejo, e face às recomendações da Direção Geral de Saúde para contenção da sua disseminação, a organização das 24H Agricultura decidiu adiar o evento, previsto para 3 e 4 de Outubro de 2020, para Abril de 2021. A Escola Superior Agrária de Santarém manter-se-á como anfitriã do evento.

A organização considera que face às circunstâncias atuais, e não havendo certezas de como vai evoluir a situação da pandemia, esta é a decisão mais sensata, visando a salvaguarda da saúde e segurança de todos os participantes.


No contexto da atual problemática do novo coronavírus Covid-19, e face às recomendações da Direção Geral de Saúde para contenção da sua disseminação, a organização das 24H Agricultura Syngenta decidiu adiar o evento, visando a salvaguarda da saúde de todos os participantes. A nova data definida para realização das 24H Agricultura Syngenta é 3 e 4 de Outubro de 2020, na Escola Superior Agrária de Santarém.

Escola Superior Agrária de Santarém recebe maior competição formativa de estudantes universitários do país

A 5ª edição das 24H AGRICULTURA SYNGENTA decorre a 3 e 4 outubro de 2020, na Escola Superior Agrária de Santarém. São esperados 150 estudantes de Portugal, Espanha, Holanda e Alemanha para competir e aprender sob o mote “Agricultura 4.0”. As inscrições estão abertas e devem ser realizadas no site do evento: www.24horasdeagricultura.sfori.com

As 24H AGRICULTURA SYNGENTA são uma iniciativa organizada sob orientação científica e pedagógica da Associação Portuguesa de Horticultura (APH), em parceria com a IAAS Portugal- Associação Internacional de Estudantes de Agricultura e Ciências Relacionadas e a SFORI, empresa de formação experiencial.

A competição decorre de forma ininterrupta durante 24 horas e engloba cerca de 30 provas teóricas e práticas, através das quais estudantes da área das Ciências Agrárias, do ensino superior e técnico-profissional, testam conhecimentos e desenvolvem competências que os ajudam na transição para a vida profissional. Cada equipa concorrente deve ser composta por 3 a 5 estudantes da mesma escola ou de escolas diferentes.

A Agricultura 4.0 é o tema central da 5ª edição das 24H AGRICULTURA SYNGENTA, atendendo ao potencial das tecnologias digitais na modernização da agricultura. Os participantes vão ser submetidos, entre outras, a provas para compreender e aprofundar conhecimentos sobre a Agricultura 4.0, a revolução tecnológica em curso que ajudará os agricultores responder ao enorme desafio de produzir mais alimentos, usando menos recursos.

«As 24H AGRICULTURA SYNGENTA são um marco na vida dos estudantes de Ciências Agrárias em Portugal e pelo seu cariz inovador estão a atrair estudantes de outros países europeus. Nesta competição formativa os alunos adquirem competências não formais (pensamento crítico, cooperação, criatividade, comunicação, gestão de tempo), essenciais ao seu desempenho como futuros profissionais, e que vão para além do conhecimento técnico-científico proporcionado pela Academia», explica José Alberto Pereira, presidente da Associação Portuguesa de Horticultura.

«Para a ESAS é uma honra acolher as 24H AGRICULTURA SYNGENTA nesta região, cuja expressão do setor agrícola é evidente. A disputa desta competição em contexto profissional permitirá aos futuros agrónomos vivenciarem momentos extraordinários de partilha de conhecimentos e competências para superarem os desafios que lhes serão colocados, estimulando a sua criatividade e o espírito empreendedor», afirma Margarida Oliveira, vice-presidente da Escola Superior Agrária de Santarém.

«As 24H AGRICULTURA SYNGENTA são uma excelente oportunidade para dar competências às novas gerações de Agrónomos para que façam um melhor uso dos recursos disponíveis, através de novas soluções tecnológicas inovadoras e seguras. Este evento faz parte da implementação do plano estratégico de Agricultura Sustentável da Syngenta – The Good Grow Plan – que visa contribuir para a produção de mais alimentos com menos inputs, respeitando o ambiente e as pessoas», explica Felisbela Torres de Campos, Head of Regulatory & Business Sustainability da Syngenta em Portugal.

Esta competição formativa estreou-se em 2016 e desde então já percorreu o país de Norte a Sul, envolvendo 600 estudantes e 15 instituições de ensino superior e profissional de Portugal e Espanha. Teve como escolas anfitriãs nas edições anteriores o Instituto Superior de Agronomia (em 2016), a Escola Superior Agrária de Coimbra (em 2017), a Escola Superior Agrária de Ponte de Lima (em 2018) e a Universidade do Algarve (em 2019).

As 24H AGRICULTURA SYNGENTA contam com o patrocínio e apoio de empresas de referência no panorama agrícola, nacional  e  internacional,  que  têm  uma  participação  ativa  na  construção  e  realização   do   evento.   PATROCINADORES

Platina: Syngenta

Ouro: John Deere

Apoio Institucional: Cotesi, Galucho, Hubel Verde, Lipor/Nutrimais, Magos Irrigation Systems, Pulverizadores Rocha, TecnifertiBio

Comente este artigo
Anterior NEGOTIATIONS FOR THE EU BUDGET: NO AGREEMENT ON THE MFF
Próximo Disponível Folha Informativa da RRN "EmRede" do mês de março

Artigos relacionados

Últimas

Governo dos Açores aprova subsídio de risco para trabalhadores de matadouros públicos

O Governo Regional dos Açores já aprovou o decreto regulamento regional que cria um subsídio de risco para os trabalhadores dos matadouros […]

Nacional

“Espero que não tenhamos de voltar a passar por uma situação como esta”

O primeiro-ministro, António Costa, agradeceu esta segunda-feira aos militares das Forças Armadas o trabalho desenvolvido durante a greve dos motoristas e manifestou a esperança de que o país não tenha de “voltar a passar por uma situação como esta”. […]

Últimas

Incêndios: 260 operacionais e dez meios aéreos combatem fogo no Fundão

O Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco afirma que há algumas habitações dispersas em perigo

Duzentos e sessenta e três operacionais, […]