216 militares empenhados em ações preventivas de incêndios florestais até domingo

216 militares empenhados em ações preventivas de incêndios florestais até domingo

Seis patrulhas da Marinha e 18 do Exército vão exercer ações de patrulhamento dissuasor para minimizar o risco de incêndios florestais, ao longo do fim de semana.

 
 

A Marinha e o Exército empenham, entre esta sexta-feira e domingo, 216 militares, distribuídos em 24 patrulhas.

Seis patrulhas da Marinha e 18 do Exército vão exercer ações de patrulhamento dissuasor, em 18 distritos de Portugal Continental, com o objetivo de minimizar o risco de incêndios florestais.

As ações irão decorrer ao longo dos três dias, nos distritos de Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

Este empenhamento resulta de um pedido da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil ao Estado-Maior-General das Forças Armadas.

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior Live-stream: Workshop "Desertificação e Territórios: Estado de Arte"
Próximo Azeite e Olivicultura: COI atribui bolsas para doutoramento

Artigos relacionados

Últimas

Portugal Insect celebra Dia Mundial do Insecto Comestível com Conferência – 26 de outubro – Cascais

A Portugal Insect vai assinalar o Dia Mundial do Insecto Comestível através da realização de uma Conferência que terá lugar no próximo dia 26 de Outubro, […]

Últimas

Live-stream – A Agricultura para lá da COVID-19: Europa: a urgência de um futuro coletivo

A AJAP – Associação dos Jovens Agricultores de Portugal, em parceria com o Crédito Agrícola, promove, dia 27 de abril, a partir das 16 horas, o […]

Nacional

Governo dos Açores defende plano estratégico próprio para a próxima PAC

O director Regional do Desenvolvimento Rural dos Açores defendeu, em Bruxelas, que os Açores, enquanto região ultra-periférica e com especificidades próprias, […]