14 milhões para infraestruturas afetadas pelos incêndios

14 milhões para infraestruturas afetadas pelos incêndios

Os sete municípios do Pinhal Interior afetados pelos incêndios que deflagraram em junho, em Góis e Pedrógão Grande, vão contar com uma linha de apoio de 14 milhões de euros para restabelecimento de infraestruturas básicas.
O Programa Centro 2020 abriu ontem um concurso, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), para apoiar a recuperação das infraestruturas básicas municipais afetadas pelos incêndios, que se iniciaram no dia 17 de junho de 2017 na região Centro.
Poderão candidatar-se a este concurso os municípios mais afetados pelos referidos incêndios: Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Góis, Pampilhosa da Serra, Pedrógão Grande, Penela e Sertã.

Levantamento conjunto
da CCDRC e autarquias
De acordo com Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), “o levantamento dos prejuízos foi feito em conjunto pela CCDRC e pelas autarquias”. “Garante-se, desta forma, o financiamento de todos os prejuízos identificados nos equipamentos e infraestruturas municipais”, garantiu.

Informação completa na edição impressa

Comente este artigo
Anterior Aldeia de Penela já está a cortar eucaliptos, reflorestação arranca em outubro
Próximo A paisagem florestal portuguesa é pobre - Gonçalo Castel'Branco

Artigos relacionados

Dossiers

Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 17 a 23 Fevereiro 2020

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas
Ovinos
As cotações médias nacionais dos borregos analisados apresentaram uma ligeira recuperação em relação à […]

Nacional

Limpeza da floresta. Câmara de Pombal reforça pagamentos às Juntas pela gestão de faixas de combustível. 800€/hectare

A Câmara Municipal de Pombal aprovou, na reunião do passado dia 9 de Abril, enviar à Assembleia Municipal uma proposta que prevê aumentar o […]

Comunicados

NREAP – Explorações Pecuárias mal classificadas podem comprometer acesso a ajudas comunitárias

O IFAP está a contactar as explorações pecuárias (por email ou ofício) onde foram detetadas incorreções no processo de licenciamento/registo, […]