XXVIII Feira do Fumeiro inaugurada em  Montalegre

XXVIII Feira do Fumeiro inaugurada em Montalegre

[Fonte: Gazeta Rural]

O Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, inaugurou esta tarde a XXVIII Feira do Fumeiro de Montalegre. O membro do Governo destacou a excelência dos produtos apresentados num certame que pode ser visitado até ao próximo domingo.

Orlando Alves | Presidente da Câmara de Montalegre

«É um certame bom para os produtores, mas também, para a região. Quando se constata que há satisfação nos produtores, mais contente fica quem faz este investimento, o município e a Associação de Produtores de Fumeiro da Terra Fria Barrosã. Queremos que as coisas corram bem e que haja sucesso comercial. É disso que as pessoas vivem e se arranjarem forma de se fixarem na região, ficamos todos a ganhar».

Carlos Miguel | Secretário de Estado das Autarquias Locais

«As autarquias têm um enorme papel na realização destes eventos. Esta feira tem 28 anos e tem 28 anos de iniciativa da câmara. Estas feiras existem um pouco por todo o país e isso acontece porque são os autarcas que convencem os produtores a comercializarem os seus produtos. Esta feira é uma referência no país e com produtos de grande qualidade. É importante para Montalegre, para a região, mas também, para o país. Conheço a feira há três anos. Há um grande cuidado na apresentação e na imagem e isso é muito importante. Vai permitir uma boa comercialização, melhores preços, mais rendimento e melhor economia».

David Teixeira | Vice-presidente da Câmara de Montalegre

«28 Anos já é uma idade simpática para que este certame corra bem. A abertura decorreu de uma forma muito natural. Temos espaços novos, expositores novos e dinâmicas diferentes à volta da gastronomia. A presença do Secretário de Estado veio acentuar a riqueza que temos e que deve merecer a atenção dos agentes económicos para Montalegre. O espaço de degustação quer mostrar uma nova forma de rentabilizar os produtos. O convite está feito».

Fátima Fernandes | Vereadora da educação da Câmara de Montalegre

«Vai ser mais um sucesso. No dia de abertura vemos muita gente a comprar. É muito bom prenúncio. É o reconhecimento do trabalho dos nossos produtores, com grande esforço, trabalho e resiliência. É preciso serem resistentes para nos oferecerem estes produtos maravilhosos. São apreciados em todo o país e em muitos lugares da Europa que já fazem encomendas. São quatro dias recheados de grande animação, não só em termos económicos, mas também, em todo o recinto. Sejam bem-vindos».

Boaventura Moura | Presidente da Associação de Produtores de fumeiro da Terra Fria Barrosã
«As expetativas são ótimas, como sempre. Vamos ver como corre. Penso que vai ser mais um sucesso. Vejo o produto com menos fumo, mas muito bem curado e isso é muito bom. As condições meteorológicas deste ano ajudaram a este bom resultado. Está tudo muito bem preparado».

Ramiro Gonçalves | Primeiro Secretário Executivo da CIM Alto Tâmega

«É mais um grande evento para o território. É muito importante promover o território e valorizar os produtos locais. A estratégia passa por conseguir encontrar mercados que consigam pagar a excelência que nós temos. Sentimos que ainda não estão a ser devidamente valorizados. Um dos grandes desafios do território é fixar as pessoas e, para isso, precisamos de melhor economia».

Adelino Bernardo | Diretor Adjunto da Direção Regional de Agricultura do Norte

«Tenho muito orgulho em estar na capital do Barroso a acompanhar este certame. Faço-o há 28 anos. Sempre disse que é uma excelente iniciativa que tem vindo a valorizar-se anualmente pela qualidade. Fico muito satisfeito e orgulhoso».

Fernando Queiroga | Presidente da Câmara de Boticas

«Para além de uma questão de solidariedade e de amizade pelo autarca de Montalegre, há uma responsabilidade acrescida. Temos em comum um território classificado como Património Agrícola Mundial, pela UNESCO. Venho dar um carinho especial às gentes de Montalegre. Queremos que as pessoas se fixem no nosso território e que há aqui oportunidades para terem qualidade de vida».

Nuno Vaz | Presidente da Câmara de Chaves

«Esta feira é “rainha” no que respeita ao fumeiro. Tem uma grande história e tradição. É marcada pela reinvenção. Todo o território tem que ter a ambição de pegar nos produtos endógenos e procurar introduzir-lhes processos de inovação para que possam afirmar-se. A produção de fumeiro é a atividade económica mais relevante desta região e deve ser trabalhada em conjunto. Que esta feira continue a ser uma marca para a economia da região».

Amílcar Almeida | Presidente da Câmara de Valpaços

«A forma mais adequada de promover o Alto Tâmega é em conjunto e mostrando união. Procuramos ser solidários uns com os outros e que as nossas decisões sejam unânimes. Todos queremos o bem-estar das nossas populações. É através de certames como este que damos a conhecer o que temos de melhor. Estou aqui ano após ano. É um certame que tem vindo a subir a qualidade. É um dos maiores do setor na região transmontana».

Comente este artigo

O artigo XXVIII Feira do Fumeiro inaugurada em Montalegre foi publicado originalmente em Gazeta Rural

Anterior 1º Congresso Ibérico do Milho 2019 | XII Congresso Nacional do Milho 2019 (Altis Grand Hotel, 13 e 14 de Fevereiro de 2019)
Próximo Cotações – Hortícolas – Informação Semanal – 14 a 20 Janeiro 2019

Artigos relacionados

Sugeridas

Comité de Agricultura do PE aprova parecer de iniciativa sobre mecanismos para volatilidade de mercados

O parecer constata que os mecanismos atuais são insuficientes para combater a volatilidade dos mercados. Apela à CE que use os atuais mecanismos de gestão de risco ao seu máximo, e que crie novos, entre os quais ajudas contracíclicas. O documento terá agora que ser aprovado pelo plenário. […]

Sugeridas

Conclusões do I Congresso Luso-Brasileiro de Horticultura

O I Congresso Luso-Brasileiro de Horticultura (CLBHort2017) promoveu o encontro entre 250 cientistas e empresários focados na Inovação ao serviço dos negócios. Um evento coorganizado pela Associação Portuguesa de Horticultura e a Associação Brasileira de Horticultura, de 1 a 4 de Novembro, no Centro de Congresso dos ISCTE, […]

Últimas

Ex-presidente dos Municípios Portugueses lamenta inexistência de cadastro rural

Viseu, 23 jun (Lusa) — O ex-presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), Fernando Ruas, lamentou hoje que ainda não exista um cadastro rural que permita conhecer o território e contribua para a prevenção de incêndios florestais.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_6 span,#wpdevar_comment_6 iframe{width:100% !important;} […]