Universidade de Évora e Jerónimo Martins vão ter projectos conjuntos na agropecuária, aquacultura e lacticínios

[Fonte: Agricultura e Mar]

A Universidade de Évora e a Jerónimo Martins AgroAlimentar (JMA) assinam hoje, 17 de Maio, um protocolo de cooperação para o desenvolvimento de actividades de investigação e apoio ao ensino.

Com este acordo, serão desenvolvidas um conjunto de actividades de carácter teórico-prático, técnico-científico e de investigação nas áreas de negócio da JMA e das suas três empresas subsidiárias, que actuam nas áreas da agropecuária, da aquacultura e dos lacticínios.

Best Farmer vai receber estagiários

A Best Farmer, subsidiária da JMA dedicada à agropecuária, irá receber estagiários provenientes desta Universidade e disponibilizar a utilização da vacaria, bem como o apoio de um tutor para acompanhar os alunos das licenciaturas em Medicina Veterinária e Engenharia Zootécnica.

Serão desenvolvidos ensaios e projectos de investigação em áreas como o bem estar animal, a nutrição animal, a melhoria genética, a sanidade animal, a melhoria de indicadores ambientais, a qualidade do leite e eficiência no uso da água e da energia, a produção agrícola, o uso e a melhoria dos solos ou a recuperação do montado.

Investigação nos lacticínios

A Terra Alegre, fábrica de lacticínios do Grupo Jerónimo Martins em Portalegre, vai desenvolver actividades de investigação e desenvolvimento de novos produtos lácteos em conjunto com a Universidade de Évora, recebendo também alunos de Engenharia Mecatrónica para estagiar na área da automação industrial.

Aquacultura

A Universidade de Évora vai disponibilizar à Seaculture, que se dedica à aquacultura, a utilização de espaços, equipamentos e materiais do Laboratório de Ciências do Mar (CIEMAR), instalado em Sines, para apoiar a realização de análises patológicas de peixes, colaborando também no desenvolvimento de actividades de investigação relacionadas com aquacultura.

Estas actividades incluem o melhoramento da sustentabilidade de recursos endógenos, incidindo na investigação da ecologia trófica, comportamento e conservação, para reforçar o conhecimento e a capacidade de gerir ambientes naturais e artificiais de forma sustentável.

Por seu lado, a Seaculture vai proporcionar estágios a alunos das áreas da Biologia e disponibilizar a utilização da zona autorizada de produção aquícola de que dispõe no Porto de Sines para o desenvolvimento de ensaios e projectos de investigação na área da aquacultura, qualidade da água e melhoria de indicadores ambientais.

Ligação ao tecido empresarial é estratégica

De acordo com Ana Costa Freitas, reitora da Universidade de Évora, “para a Universidade de Évora a ligação ao tecido empresarial é encarada como estratégica. O protocolo agora assinado traz vantagens mútuas para a nossa Universidade e para o grupo Jerónimo Martins, permitindo não só um contacto mais estreito com as empresas do grupo por parte dos nossos estudantes, como também potencia o estreitamento de relações entre o Grupo Jerónimo Martins e a Universidade de Évora, através do desenvolvimento de estágios e trabalhos de investigação em ambiente empresarial, representando uma verdadeira sinergia”.

Por sua vez, António Serrano, CEO da Jerónimo Martins Agro-Alimentar refere que “a JMA tem vindo a realizar consideráveis investimentos no Alentejo e a nossa aproximação ao ensino superior é determinante para que este investimento seja focado no futuro. O conhecimento que a Universidade de Évora tem do tecido empresarial da região, as competências científicas nas áreas em que as nossas subsidiárias actuam e a qualidade do seu ensino serão seguramente uma importante mais-valia para os projectos de investigação, exploração de novas ideias e pesquisa de soluções inovadoras que vamos realizar em conjunto”.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo Universidade de Évora e Jerónimo Martins vão ter projectos conjuntos na agropecuária, aquacultura e lacticínios foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior Sumol+Compal vendeu 83 milhões nos mercados internacionais em 2018
Próximo Wine Summit 2019 junta especialistas para debater o futuro vinícola em Cascais

Artigos relacionados

Nacional

Seminário sobre o insecto percevejo asiático

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

“Distribuição e bioecologia do insecto polífago invasor percevejo asiático (Halyomorpha halys) na Europa – Um desafio para a produção integrada de fruteiras” é o tema do seminário que vai decorrer no dia 25 de Janeiro, às 11 horas, […]

Nacional

Rui Veloso e Matias Damásio completam cartaz da 36ª Ovibeja

[Fonte: Gazeta Rural]

Nos palcos de “Todo o Alentejo deste Mundo” a 36ª Ovibeja “Jura” que tem “Todo o Tempo do Mundo” para viver “O Melhor de Rui Veloso”. É mesmo Rui Veloso, o nome maior da música nacional, […]

Nacional

“Vidigueira Vinho” pretende promover os vinhos daquela sub-região vitivinícola

[Fonte: Voz do Campo]

A Câmara Municipal de Vidigueira vai organizar, nos dias 19, 20 e 21 de abril, o evento “Vidigueira Vinho” que pretende promover os vinhos da sub-região vitivinícola de Vidigueira, além de outros produtos de excelência do concelho e a gastronomia tradicional. […]