UE e Brasil propõem limites nas ajudas às exportações agrícolas

UE e Brasil propõem limites nas ajudas às exportações agrícolas

[Fonte: Observador]

A União Europeia e o Brasil apresentaram esta segunda-feira à Organização Mundial do Comércio uma proposta conjunta para reduzir distorções no mercado, propondo uma reforma das regras de concorrência nas exportações, como a limitação das ajudas.

A proposta apresentada por dois dos maiores produtores agrícolas, segundo um comunicado da Comissão Europeia, é apoiada também pela Colômbia, Peru e Uruguai.

A proposta quer nivelar as condições entre todos os membros da Organização Mundial do Comércio, limitando os subsídios que distorcem as condições de mercado.

A iniciativa tem em conta as necessidades específicas dos países em desenvolvimento, ressalvando que os menos desenvolvidos fiquem isentos de quaisquer limites aos subsídios, de modo a permitir o desenvolvimento do setor agrário.

Comente este artigo

O artigo UE e Brasil propõem limites nas ajudas às exportações agrícolas foi publicado originalmente em Observador

Anterior Updated: Detail of new EU / Brazilian WTO domestic support plan
Próximo El Grupo Ybarra cumple un año desde el incendio y esperar inaugurar su nueva planta a final de año

Artigos relacionados

Últimas

Menos recursos mas mais produção! Com a gestão integrada da Hidrosoph é possível

[Fonte: Voz do Campo]
Vivemos numa era em que, como nunca, existe a consciência de que a água não é um recurso infindável e que a sua racionalização, bem como dos outros recursos utilizados na exploração agrícola podem ser um fator de sucesso. […]

Nacional

Proibição de pesticidas pode custar 810 milhões ao setor

[Fonte: Jornal económico]

Há 110 substâncias fito-farmacêuticas que estão na ‘lista negra’ de Bruxelas. Se forem proibidas em Portugal, a associação que representa os produtores de pesticidas calcula que cerca de 55% dos rendimentos de cinco fileiras da agricultura se perderiam. […]

Últimas

Crianças portuguesas que vão processar 47 países pelos incêndios já conseguiram parte do dinheiro

[Fonte: Jornal económico]

Mariana, Leonor, André, Simão, Sofia, Martim e Cláudia têm entre cinco e 18 anos e partilham o sonho de responsabilizar os culpados pelos incêndios florestais. Cinco deles são do distrito de Leiria, uma das regiões mais afetadas pelos incêndios, […]