UE autoriza Pediococcus acidilactici como aditivo em alimentos para suínos e aves

[Fonte: Vida Rural]

A Comissão Europeia autorizou recentemente o Pediococcus acidilactici como aditivo em alimentos para suínos de engorda, espécies menores de suínos (desmamados e de engorda), frangos de engorda, espécies menores de aves de capoeira de engorda e espécies menores de aves de capoeira para postura.

A decisão foi divulgada num regulamento recentemente publicado e que indica que este aditivo está também autorizado para utilização na água de abeberamento.

A preparação de Pediococcus acidilactici CNCM MA 18/5M foi autorizada por um período ilimitado como aditivo em alimentos para frangos de engorda pelo Regulamento (CE) n.o 1200/2005 da Comissão e como aditivo em alimentos para suínos de engorda pelo Regulamento (CE) n.o 2036/2005 da Comissão.

De acordo com um parecer da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA), de 20 de abril de 2016, a preparação de Pediococcus acidilactici CNCM MA 18/5M “não tem efeitos adversos na saúde animal, na saúde humana nem no ambiente”.

Para além disso, o parecer da EFSA concluiu que a utilização desta preparação nos alimentos e na água de abeberamento tem potencial para “melhorar o desempenho zootécnico dos suínos de engorda e frangos de engorda.”

Consulte o regulamento aqui.

Comente este artigo

O artigo UE autoriza Pediococcus acidilactici como aditivo em alimentos para suínos e aves foi publicado originalmente em Vida Rural

Anterior Pinha está a ser transaccionada a 0,90€ o quilo
Próximo Cotações – Frutos Secos – Informação Semanal – 25 a 31 Dezembro 2017

Artigos relacionados

Últimas

OE2018: Fundos europeus estruturais e de investimento antecipados para 2019

[Fonte: Jornal económico]

O Governo quer antecipar a regularização dos fundos europeus estruturais e de investimento até ao final de 2019, visando garantir a execução dos programas comunitários, segundo a proposta de Orçamento do Estado para o próximo ano (OE2018).
De acordo com a proposta de OE2018, […]

Últimas

Fosso entre as promessas e a realidade da redução de emissões é “catastrófico”, diz a ONU

[Fonte: Público]

Em resposta às centrais a carvão, a ONU considera que o investimento em energias renováveis paga-se a si próprio e compensa a longo prazo

O responsável pela pasta do Ambiente da ONU afirmou esta terça-feira ser “catastrófica” a distância entre as promessas nacionais de limitação das emissões de gases com efeito de estufa e as reduções necessárias para manter o aquecimento abaixo de dois graus. […]

Noticias Fitofarmacêuticos

Seca prolongada pode levar agricultores a mudar culturas

[Fonte: Anipla – fitonotícias]
A situação de seca prolongada poderá levar a uma mudança no tipo de culturas produzidas pelos agricultores. A Agência Portuguesa do Ambiente já está a aconselhar os agricultores e produtores pecuários a antecipar o volume de água de que vão precisar para que a gestão das reservas existentes seja mais eficaz. […]